sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Virada e alívio

Paraná abre 2 a 0, mas Boa Esporte vira na etapa final e se livra do rebaixamento. Paranistas ficam mais longe do acesso

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

08/11/2013 - Em jogo válido pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Boa Esporte e Paraná Clube se enfrentaram na noite desta sexta-feira (8), com objetivos diferentes na competição. Enquanto os mineiros buscavam acabar com qualquer chance de rebaixamento, o Paraná ainda luta por uma vaga no G-4. Em jogo emocionante, os visitantes abriram 2 a 0, mas, em cinco minutos, o Boa empatou e aos 42 do segundo tempo, Karanga fez o gol da virada: 3 a 2 para o Boa, que chegou aos 47 pontos e não corre mais risco de rebaixamento. O time mineiro manteve a 11ª posição. Caso vencesse, o Paraná dormiria no G-4, mas tudo foi do céu ao inferno. Com 51 pontos, o Tricolor segue em oitavo, mas pode terminar a rodada a cinco pontos do quarto colocado.

A próxima rodada será na terça-feira (12). Em confronto fundamental para o acesso, o Paraná encara a vice-líder Chapecoense, às 19h30, na Vila Capanema. Já o Boa enfrenta o São Caetano, no mesmo horário, em mais um jogo no Estádio do Melão.

Foto: CBF.com.br

O jogo

A primeira etapa foi bastante equilibrada, com os dois times priorizando a marcação. As chances de gol foram raras, mas logo aos quatro minutos, o Paraná assustou. Paulinho Oliveira ficou de frente para o gol e chutou; o goleiro Douglas fez boa defesa.

O Boa quase abriu o placar aos 14 minutos, mas Karanga não conseguiu desviar o excelente cruzamento de Crystian. Aos 26, Karanga perdeu mais um gol. Ele saiu cara a cara com Luis Carlos, mas chutou fraco, para fácil defesa do goleiro. Com muitas faltas, o jogo caiu muito de rendimento na reta final do primeiro tempo.

Entretanto, aos 45 minutos, o Paraná balançou as redes. Moacir fez bom passe para Paulinho Oliveira, que não desperdiçou e mandou para o fundo do gol, deixando os tricolores em vantagem para o segundo tempo.

Na segunda etapa, Petros voltou no lugar de Filipe, que não brilhou no ataque mineiro. Aos quatro minutos, o atacante teve uma boa oportunidade. Após cobrança de escanteio de Marcelinho Paraíba, Petros ficou com a sobra e chutou forte, mas a zaga salvou. O Paraná ficou mais recuado, e apenas explorava os contra-ataques e as bolas paradas, e foi assim que saiu o segundo gol.

Aos 12 minutos, Lúcio Flávio cobrou com muita categoria, e ampliou para os visitantes. Perdendo o jogo, Nedo Xavier tirou um lateral e colocou mais um atacante, Kaká. Oito minutos depois, o Boa diminuiu. Aos 20, Fernando Karanga tocou para Betinho, que girou e chutou cruzado para marcar o primeiro dos donos da casa.

Na pressão pelo empate, o gol quase saiu aos 24 minutos. Karanga tocou para Kaká, que invadiu a área e chutou, mas Luis Carlos fez grande defesa. No minuto seguinte, o Boa empatou. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Ciro Sena subiu alto para cabecear, e deixar tudo igual no Melão.

A virada quase saiu aos 30. Marcelinho chutou forte, mas Luis Carlos salvou. Dois minutos depois, Petros cruzou para Paraíba, que por pouco não encobriu o goleiro. Aos 42 minutos, Betinho lançou Kaká na direita, que passou pela marcação e cruzou na medida para Karanga, que desviou para o gol e virou a partida.

Já nos acréscimos, o Paraná perdeu uma grande chance de empatar. Paulo Sérgio ficou com a sobra de frente para o gol; na entrada da área, ele dividiu com o goleiro mas conseguiu chutar, e a bola passou raspando a trave. Depois, não havia mais tempo. Festa da torcida da casa após o apito final.

Ficha do jogo:

Boa Esporte 3x2 Paraná

BOA ESPORTE:
Douglas; Rafinha (Kaká), Ciro Sena, Thiago Carvalho, Crystian; Rodrigo Souza, Vinicius Hess, Betinho, Marcelinho Paraíba (Moisés); Fernando Karanga e Filipe (Petros).
Técnico: Nedo Xavier

PARANÁ:
Luis Carlos; Roniery, Edimar, Alex Alves (Brinner), Henrique; Edson Sitta, Ricardo Conceição, Moacir, Lúcio Flávio (Rubinho), Paulinho Oliveira; JJ Morales (Paulo Sérgio).
Técnico: Dado Cavalcanti.

Local: Estádio do Melão, em Varginha (MG)
Data: 08/11/2013
Horário: 21h50

Gols: Betinho, aos 20 minutos, Ciro Sena, aos 25 minutos e Fernando Karanga, aos 42 do segundo tempo (BOA); Paulinho Oliveira, aos 45 minutos do primeiro tempo, e Lúcio Flávio, aos 12 minutos do segundo tempo (PAR)

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Ramires Santos Candido (ES) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

Cartões amarelos: Ciro Sena, Thiago Carvalho, Betinho, Filipe, Vinicius Hess, Karanga e Rodrigo Souza (BOA); Roniery, Alex Alves e Henrique (PAR)

***

34ª rodada: 
Terça-feira (5), às 21h: 
Sexta (8), às 19h30: 
21h: 
ASA 1x0 Avaí 
21h50: 
Sábado (9), às 16h20: 
Palmeiras x Joinville 
17h20: 
Ceará x Sport 
Paysandu x Oeste 
ABC x Icasa 
21h: 
Figueirense x Guaratinguetá

Classificação:
1º - Palmeiras - 70 pontos 
2º - Chapecoense - 62 pontos (34 jogos)
3º - Sport - 56 pontos
4º - Icasa - 53 pontos e 16 vitórias 
5º - Avaí - 53 pontos e 15 vitórias (34 jogos)
6º - Joinville - 52 pontos e 15 vitórias 
7º - América-MG - 52 pontos e 13 vitórias (34 jogos)
8º - Paraná - 51 pontos (34 jogos)
9º - Ceará - 50 pontos 
10º - Figueirense - 49 pontos
11º - Boa Esporte - 47 pontos (34 jogos)
12º - Bragantino - 42 pontos e 12 vitórias (34 jogos)
13º - Oeste - 42 pontos e 11 vitórias
14º - Guaratinguetá - 41 pontos e 11 vitórias
15º - América-RN - 41 pontos e 10 vitórias (34 jogos)
16º - ABC - 36 pontos 
17º - Atlético-GO - 35 pontos, 9 vitórias e -11 gols de saldo (34 jogos)
18º - Paysandu - 35 pontos, 9 vitórias e -15 gols de saldo 
19º - São Caetano - 32 pontos (34 jogos)
20º - ASA - 29 pontos 
(34 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário