quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Terminando bem

No Canadá, Brasil bate Chile e fecha 2013 com mais uma vitória. Robinho fez o gol do triunfo

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

20/11/2013 - No último amistoso do ano, a seleção brasileira de futebol encarou o Chile, em Toronto (Canadá) e venceu por 2 a 1, com gols de Hulk e Robinho. O técnico Luiz Felipe, que não pôde contar com seus laterais titulares no fim da noite desta terça-feira (19), foi com Maicon na direita e Maxwell na esquerda. No ataque, a mudança de Scolari foi colocar Hulk no lugar do jovem Bernard. Maicon fez o cruzamento para o segundo gol, marcado por Robinho, enquanto Hulk foi o responsável por abrir o marcador na etapa inicial.

Em 2014, a seleção volta a campo apenas no dia 5 de março, em Joanesburgo, onde enfrenta a anfitriã África do Sul. A lista final dos convocados para o mundial será revelada em maio.

 Para coroar um bom retorno à seleção, Robinho balançou as redes mais uma vez contra o Chile.
(Foto: Mowa Press/Divulgação)

O jogo

Com o apoio da torcida local, o Brasil foi para o ataque desde o apito inicial. Mas o que atrapalhou mesmo o Chile foram as lesões. Com 20 minutos de bola rolando, os chilenos já haviam feito duas substituições. Primeiro, Diaz deu lugar a Beausejour; depois, o palmeirense Valdivia entrou na vaga de Fuenzalida.

Mas entre as duas mudanças no Chile, o Brasil abriu o placar. Aos 13 minutos, Oscar recuperou a bola no meio e carregou para o ataque, quando tocou para Hulk, que chutou forte com o pé esquerdo para o fundo do gol. Dois minutos depois, Jô quase ampliou. O atacante ficou com a sobra na entrada da área e soltou uma bomba, que desviou na zaga e saiu por cima do gol de Bravo.

Aos poucos, a partida caiu bastante de rendimento. O Chile melhorou sua postura, teve mais posse de bola, mas não conseguiu ameaçar. Já o Brasil errava muitos passes, e com Neymar apagado em campo, pouco produziu até o intervalo.

Na segunda etapa, o Brasil começou melhor, e teve duas boas chances em dois minutos. Aos 11, Hulk chutou forte no canto, mas a bola bateu na trave antes de sair. No minuto seguinte, Neymar tocou para Paulinho chutar cruzado; Bravo espalmou, e Oscar não alcançou para marcar.

Em um dos raros ataques, o Chile conseguiu empatar o jogo. Aos 25 minutos, Vargas recebeu na entrada da área e chutou forte no canto, esfriando a festa brasileira no estádio. Júlio César nem pulou. Mas o Brasil melhorou após sofrer o gol, e aos 33, veio o gol. Maicon fez um excelente cruzamento para Robinho, que de cabeça, fez o segundo gol do Brasil, e voltou a festejar uma bola na rede na seleção após dois anos. Foi o nono gol de Robinho contra os chilenos, superando Pelé, que até então era o maior marcador nos confrontos contra o Chile.

Nos minutos finais, o Brasil soube controlar o jogo, não sofrendo perigos do adversários, enquanto os canarinhos perderam algumas boas oportunidades de ampliar. Mas ao final o placar se manteve, e a festa foi brasileira no Canadá.

Ficha do jogo:

Brasil 2x1 Chile

BRASIL:
Júlio César; Maicon, Thiago Silva (Dante), David Luiz e Maxwell; Luiz Gustavo, Paulinho (Hernanes) e Oscar (Willian); Hulk (Ramires), Neymar (Lucas Leiva) e Jô (Robinho).
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CHILE:
Claudio Bravo; Carlos Carmona, Marcos Gonzalez, Gonzalo Jara, Mena; Gary Medel, Felipe Gutiérrez (Munhoz), Fuenzalida (Valdívia, Fernandez), Diaz (Beausejour); Sánchez e Vargas.
Técnico: Jorge Sampaoli

Gols: Hulk, aos 13 minutos do primeiro tempo, e Robinho, aos 33 minutos do segundo tempo (BRA); Vargas, aos 25 minutos da etapa final (CHI)

Local: Rogers Centre, em Toronto (CAN)
Data: 19/11/2013
Horário: 23h

Árbitro: Silvio Petrescu (CAN)
Assistentes: Joe Fletcher e Daniel Belleau (ambos do CAN)

Cartões amarelos: Paulinho e Robinho (BRA) - Gary Medel e Beausejour(CHI)

0 comentários :

Postar um comentário