domingo, 10 de novembro de 2013

Sobrou

Atlético-PR vence o São Paulo com facilidade e adia a festa do tricampeonato do Cruzeiro

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

10/11/2013 - O Atlético Paranaense está voando na temporada. Finalista da Copa do Brasil, o Furacão também faz uma excelente campanha no Campeonato Brasileiro. E neste domingo (10), o Atlético bateu o São Paulo e se manteve na vice-liderança do nacional, sendo o último time com (minúscula) chance de tirar o título do Cruzeiro, que só depende de si para levantar o caneco (basta um triunfo na quarta-feira, sobre o Vitória). Marcelo, Luiz Alberto e Éderson fizeram os gols da vitória paranaense sobre o Tricolor do Morumbi.

Com a vitória, o Atlético chegou aos 58 pontos, ficando com quatro de vantagem para o terceiro colocado, o Grêmio, que perdeu pelo mesmo placar para a Raposa em Minas. Para ser campeão, o Furacão precisa vencer os próximos cinco jogos, enquanto o Cruzeiro precisa ser derrotado nas últimas cinco partidas do Brasileirão, para, assim, tirar a diferença de 13 pontos, algo completamente inesperado. Na próxima rodada, os paranaenses encaram o Criciúma na quarta-feira (13), às 21h, no Heriberto Hülse.

Já o São Paulo, que sonha com uma vaga na Libertadores, continua com 46 pontos, mas agora na nona posição. O Tricolor está há sete pontos do quarto colocado, o Botafogo. O próximo jogo do time paulista será contra o Flamengo, no Estádio Novelli Junior, em Itu, devido à perda de mando de campo.

Paulo Baier cruzou para Luiz Alberto fazer o segundo gol do Furacão. 
(Foto: Gustavo Oliveira/Site Oficial do Atlético)

O jogo

O Atlético foi melhor durante os 90 minutos. Mesmo com a boa organização tática do São Paulo, o Furacão conseguiu se sobressair e logo aos 12 minutos abriu o placar. Éderson cruzou para Marcelo, que dominou no peito e soltou uma bomba, marcando um golaço na Vila Capanema.

Aos 16 minutos, o São Paulo quase empatou. Aloísio recebeu de costas para o gol, fez o giro e chutou cruzado, mas mandou para fora. Aos 26, o Atlético ampliou. Paulo Baier cobrou escanteio na área, Luiz Alberto se adiantou à marcação e desviou para o gol.

Os visitantes ainda ameaçaram aos 37 minutos. Ademílson fez boa jogada pela esquerda e tocou para Maicon, que chutou forte e viu Weverton espalmar para escanteio.

Na segunda etapa, o São Paulo voltou mais ofensivo, com Osvaldo no lugar de Denílson, mas pouco mudou. Aos sete minutos, Léo cruzou para Ederson, que passou pela marcação e chutou; a bola foi para fora. No minuto seguinte, Ganso respondeu para o Tricolor. Ele chutou da entrada da área, e não conseguiu direcionar sua finalização.

Aos 12 minutos, o Atlético marcou o terceiro gol e tirou qualquer chance de reação do São Paulo. Bruno Silva lançou Marcelo, que tentou o chute cruzado. A jogada acabou virando um cruzamento. Bem posicionado, Éderson, artilheiro do campeonato com 17 gols, completou para as redes.

Paulo Baier quase fez o quarto. João Paulo cruzou bem para o maestro atleticano, que desviou a trajetória da bola, que saiu raspando a trave de Rogério Ceni. Nos minutos finais, o São Paulo até tentou diminuir o placar, mas parou na boa marcação do Atlético, que comemorou mais uma vitória diante de sua torcida.

Ficha do jogo:

Atlético-PR 3x0 São Paulo

ATLÉTICO-PR:
Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Bruno Silva (Deivid), João Paulo, Éverton e Paulo Baier; Marcelo (Dellatorre) e Éderson (Ciro).
Técnico: Wagner Mancini

SÃO PAULO:
Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Denilson (Osvaldo), Maicon (Wellington), Douglas e Ganso; Ademilson e Aloísio (Welliton).
Técnico: Muricy Ramalho

Gols: Marcelo, aos 12 minutos, Luiz Alberto aos 26 minutos do primeiro tempo, e Éderson, aos 12 minutos do segundo tempo

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Público: 12.754 pagantes
Renda: R$ 223.960
Data: 10/11/2013
Horário: 17h

Árbitro: Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Marcio Eustáquio Santiago (MG) e Nadine Schramm Câmara Bastos (SC)

Cartões amarelos: Everton, Éderson, Marcelo e Manoel (CAP); Paulo Miranda (SPA) 


***

33ª rodada: 
Sábado (9), às 19h30: 
21h: 
Domingo (10), às 17h: 
19h30: 
Náutico 0x1 Criciúma 

Classificação (todos com 33 jogos):
1º - Cruzeiro - 71 pontos
2º - Atlético-PR - 58 pontos
3º - Grêmio - 54 pontos
4º - Botafogo - 53 pontos e 15 vitórias
5º - Goiás - 53 pontos e 14 vitórias 
6º - Vitória - 51 pontos
7º - Atlético-MG - 49 pontos 
8º - São Paulo - 46 pontos 
9º - Santos - 45 pontos, 11 vitórias e 7 gols de saldo
10º - Internacional - 45 pontos, 11 vitórias e 2 gols de saldo
11º - Flamengo - 45 pontos, 11 vitórias e 1 gol de saldo
12º - Corinthians - 45 pontos e 10 vitórias
13º - Coritiba - 41 pontos 
14º - Portuguesa - 40 pontos 
15º - Bahia - 39 pontos 
16º - Vasco - 37 pontos
17º - Criciúma - 36 pontos e 10 vitórias
18º - Fluminense - 36 pontos e 9 vitórias
19º - Ponte Preta - 34 pontos 
20º - Náutico - 17 pontos 

0 comentários :

Postar um comentário