sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Primeira em casa

Em casa, Brasília vence Rio do Sul pela Superliga Feminina. Foi o primeiro triunfo brasiliense diante de sua torcida

De Uberlândia
Por Aline Guerra

01/11/13 – Até então com apenas uma vitória (sobre o Maranhão, fora de casa) na temporada da Superliga Feminina, o Brasília Vôlei recebeu hoje o Rio do Sul/Equibrasil, que vinha de uma importante e surpreendente vitória sobre o Unilever na última rodada. As anfitriãs fizeram uma boa partida, conseguiram aproveitar os erros adversários e venceram o jogo de abertura da sexta rodada por 3 a 1, com parciais de 21/16, 21/17, 17/21 e 21/16. O Brasília subiu para o sétimo lugar, com nove pontos e duas vitórias em seis jogos. Rio do Sul perdeu a quinta em seis partidas e é o 11º, com três.

Mesmo com as adversárias coladas no placar, o Brasília, desde o primeiro set, mostrou mais artifícios para vencer a partida. O Rio do Sul cometeu muitos erros e demorou para acertar as bolas simples, que poderiam ocasionar uma reação. Com isso, as visitantes conseguiram um set, mas não o suficiente para impedir a derrota.

A Superliga agora entra em recesso para que a seleção brasileira possa disputar a Copa dos Campeões. Os jogos no fim do mês e início de dezembro. O Brasília enfrenta o Minas em Belo Horizonte, no dia 3 de dezembro, e o Rio do Sul em casa encarando o Uniara, no mesmo dia.

Brasília conseguiu hoje a primeira vitória em casa, segunda na Superliga.
(Foto: Assessoria Brasília Vôlei)
No primeiro set, o Brasília conseguiu manter um bom ritmo, que somado aos erros dos adversários, deu uma boa vantagem às anfitriãs. Sem conseguir se equiparar com as brasilienses, o Rio do Sul não conseguiu se recuperar e acabou derrotado por 21 a 16.

Depois de perder a primeira parcial, o Rio do Sul voltou com uma postura diferente. Mais agressivo, abriu uma boa vantagem já no começo do segundo set. Aos poucos, o Brasília retomou a concentração e encostou no placar. Depois disso, foi administrar e fechar mais um, dessa vez por 21 a 17.

O Rio do Sul parecia que iria sucumbir no terceiro set, mas não foi bem isso que aconteceu. Depois de um inicio bom, o Brasília passou a cometer muitos erros, e nem mesmo a entrada de Paula Pequeno ajudou muito as donas da casa, que depois de correrem atrás do placar durante toda a parcial, acabaram derrotadas por 21 a 17.

A parcial, que poderia ser (e foi) a última, foi mais tranquila para o Brasília, que conseguiu dominar o set. O Rio do Sul se esforçou, mas não conseguiu tirar a boa diferença. 21 a 16 e vitória das donas da casa.

Ficha do jogo:

Brasília Vôlei 3 x 1 Rio do Sul/Equibrasil
21/16, 21/17, 17/21 e 21/16

BRASÍLIA:
Começaram: Camilla Adão (2 pontos), Fernanda (17), Ju Maranhão (4), Eli (16), Dani Scott (13) e Vivi Goes (6). Líbero: Vere.
Entraram: Erika (10), Paula Pequeno (3), Patrola (0) e Elisângela (0).
Técnico: Sergio Negrão

RIO DO SUL:
Começaram: Jordane (2), Arianne (13), Natiele (20), Carla (7), Paula Barros (4) e Fe Melo (0). Líbero: Andressa.
Entraram: Vanessa (2), Jacque (1), Marcinha (0).
Técnico: Rogério Portela

Local: Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) 
Público: 1000

Troféu VivaVôlei - melhor em quadra: Camila Adão (Brasília)

Arbitragem: Clodomiro Leite e Antônio Conceição, ambos do Distrito Federal 

0 comentários :

Postar um comentário