quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Praticamente lá

Chapecoense bate Paraná fora de casa e está virtualmente na Série A do Brasileirão. Tricolor se complica

De Aracaju.

Por Helena Sader.

13/11/2013 - A Chapecoense está praticamente na elite do futebol brasileiro. Faltando três rodadas para o fim da Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe catarinense já comemora a vaga. Jogando fora de casa e sem se intimidar, a equipe de Chapecó venceu o Paraná por 1 a 0 nesta terça-feira (12), na Vila Capanema. Bruno Rangel, artilheiro do torneio com 28 gols, deu a vitória ao time na etapa final da partida. Atingindo 65 pontos e abrindo nove pontos de vantagem para o quinto colocado, que no momento é o Ceará (com a mesma pontuação de Sport e Icasa, times do G-4), apenas uma catástrofe tira a equipe catarinense da primeira divisão.

Para ter a classificação realmente assegurada, a Chapecoense precisava do empate entre Avaí e Ceará, o que não aconteceu. O Vovô venceu a partida por 2 a 1. Mesmo assim, os jogadores abusaram bem da comemoração. Para o Paraná, a situação para o acesso à Série A é mais complicada. A equipe está a cinco pontos do G-4, em décimo lugar, e está quase dando adeus à disputa por uma vaga.

Os times voltam a campo no próximo sábado (16). O Paraná, para enfrentar o Sport, às 17h20, e a Chapecoense, o Bragantino, às 16h20. Ambos pelo horário de Brasília. 


Bruno Rangel marcou o único gol da vitória que praticamente coloca a Chapecoense na Série A.
(Foto: Aguante Comunicação/Chapecoense)

No início do jogo, o Paraná, que precisava muito da vitória, demonstrava mais raça. Tinha mais posse de bola, em virtude disso. Mas a ansiedade atrapalhou o time no primeiro tempo e quase não levou perigo ao gol adversário. A Chapecoense sentiu o jogo, conseguiu neutralizar a partida e deu sustos no goleiro com Augusto e Potita.
Para o segundo tempo, os visitantes melhoraram e levaram pressão aos anfitriões. Mas, aos 10 minutos, quem quase abriu o placar foi o Paraná. Reinaldo bateu excelente bola, e o goleiro Nivaldo fez defesa melhor ainda.
O jogo se tornou mais movimentado na segunda etapa. Nivaldo teve que trabalhar ainda mais. Para azar dos paranaenses, o goleiro estava inspirado e salvou sua equipe em momentos difíceis na partida. Sem conseguir marcar, o Paraná ficou nervoso em campo. A Chapecoense aproveitou a chance para matar o jogo. Aos 31 da etapa final, o artilheiro da equipe Bruno Rangel fez seu 28º na Série B e deu a vitória aos catarinenses.

Ficha do jogo:

Paraná 0x1 Chapecoense

PARANÁ:
Marcão; Moacir (Roniery), Alex Bruno, Brinner e Henrique Ávila; Edson Sitta, Ricardo Conceição, Paulinho Oliveira e Lúcio Flávio; Paulo Sérgio (Luisinho) e Reinaldo (J.J. Morales). 
Técnico: Dado Cavalcanti 

CHAPECOENSE:
Nivaldo; Alemão, Rafael Lima, Dão e Fabinho Gaúcho; Wanderson, Paulinho Dias, Diego Felipe e Augusto (Radar); Potita (Caion) e Bruno Rangel (Murilo). 
Técnico: Gilmar Dal Pozzo 

Gol: Bruno Rangel, aos 31 minutos do segundo tempo 

Local: Durival de Britto (Vila Capanema), em Curitiba (PR)
Público: 4.452 pagantes - 4.982 presentes 
Renda: R$ 68.910
Data: 12/11/2013
Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

Cartões amarelos: Alex Bruno (PAR); Potita (CHA)

***

35ª rodada: 
Terça (12), às 19h30: 
Paraná 0x1 Chapecoense 
Figueirense 2x0 ABC
Joinville 1x1 Oeste 
Boa Esporte 1x0 São Caetano 
Bragantino 1x2 Icasa 
21h50: 
América-RN 2x2 América-MG 
Atlético-GO 2x1 Sport 
Ceará 2x1 Avaí 
ASA 2x1 Guaratinguetá 
Paysandu 1x0 Palmeiras

Classificação:
1º - Palmeiras - 73 pontos 
2º - Chapecoense - 65 pontos
3º - Sport - 56 pontos e 18 vitórias
4º - Icasa - 56 pontos e 17 vitórias  
5º - Ceará - 56 pontos e 15 vitórias
6º - Figueirense - 55 pontos 
7º - Joinville - 53 pontos, 15 vitórias e 11 gols de saldo
8º - Avaí - 53 pontos, 15 vitórias e 4 gols de saldo
9º - América-MG - 53 pontos e 13 vitórias 
10º - Paraná - 51 pontos  
11º - Boa Esporte - 50 pontos 
12º - Oeste - 44 pontos 
13º - Bragantino - 42 pontos e 12 vitórias 
14º - América-RN - 42 pontos e 10 vitórias 
15º - Guaratinguetá - 41 pontos
16º - ABC - 39 pontos e 11 vitórias
17º - Paysandu - 39 pontos e 10 vitórias
18º - Atlético-GO - 38 pontos 
19º - ASA - 32 pontos e 10 vitórias
20º - São Caetano - 32 pontos e 8 vitórias

0 comentários :

Postar um comentário