domingo, 24 de novembro de 2013

Pra piorar

Em jogo onde apenas o Santos entrou em campo, Fluminense perde e se complica no Brasileiro

De Belo Horizonte.
Por Rodolpho Victor.

24/11/2013 - O Tricolor esqueceu de voltar do protesto do "Bom Senso FC" e apenas viu o Santos fazer o que quis durante o jogo da tarde deste domingo, em Presidente Prudente. O time paulista, que não querem mais nada no campeonato, pressionou o jogo inteiro e conseguiu marcar um golzinho com Thiago Ribeiro, aumentando a crise nas Laranjeiras. O Fluminense ainda precisa de quatro pontos nos próximos seis que irá disputar. Ocupa a 16ª posição com 42 pontos e precisa secar os seus rivais diretos na briga. No sábado (30), às 19h30, no Maracanã, recebe o Atlético-MG.

O Santos é o oitavo colocado com 51 pontos e, mesmo se vencer os jogos restantes, não conseguirá uma vaga para a Libertadores. No próximo domingo (1), às 19h30, o Peixe recebe o vice-líder Atlético-PR no Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto.

Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.

O jogo

Os times tiveram um início de jogo pouco movimentado. Um apenas estudava o outro. Os dois primeiros lances de perigo foram pro Peixe. Cavalieri defendeu os chutes de Alison e Montillo. Se o Fluminense, que luta pra não cair, ficava no campo de defesa, os mandantes foram pra cima e dominaram toda a primeira etapa. O carioca, mesmo sabendo que a Ponte tinha marcado sobre o Grêmio, tentava as jogadas aéreas sem sucesso. Não incomodou o goleiro Aranha.

Se não bastasse a falta de gols, Dorival sacou o atacante Samuel e entrou com o volante Valencia na volta para o segundo tempo. E aos 11 minutos, após 56 de bola rolando, o Fluminense finalizou pela primeira vez. Mas Aranha segurou com tranquilidade a cabeçada do zagueiro Anderson.

O Santos tanto martelou que, aos 19 minutos, abriu o placar. Arouca tabelou com Geuvânio, que cruzou para Thiago Ribeiro escorar para o gol tricolor. Santos 1 x 0 Fluminense.

Depois de tomar o gol, Dorival colocou novamente um atacante em campo, mas as tentativas de furar o bloqueio santista foram em vão. Se não fosse pelo goleiro Cavalieri, o Santos aumentaria o placar. Se tivéssemos mais um tempo de bola rolando, o Fluminense não conseguiria empatar.

Ficha do jogo:

Santos 1x0 Fluminense

SANTOS:
Aranha; Cicinho (Bruno Peres), Edu Dracena, Gustavo Henrique e Mena (Emerson); Alison, Arouca, Cícero e Montillo; Geuvânio e Thiago Ribeiro.
Técnico: Claudinei Oliveira

FLUMINENSE:
Diego Cavalieri; Igor Julião, Anderson, Leandro Euzébio e Digão; Edinho (Marcelinho), Jean e Wágner; Rafael Sóbis (Biro Biro), Samuel (Valencia) e Rhayner.
Técnico: Dorival Júnior

Local: Prudentão, em Presidente Prudente (SP)
Público: 4.369 pagantes
Renda: R$ 115.280
Data: 24/11/2013
Horário: 17h

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Auxiliares: Marrubson Melo Freitas (DF) e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)

Cartões amarelos: Mena e Arouca (SAN); Digão e Rhayner (FLU)


***

36ª rodada: 
Sábado (23), às 19h30: 
21h: 
Domingo (24), às 17h: 
Ponte Preta 1x1 Grêmio 
Flamengo 1x0 Corinthians 
19h30: 

Classificação:
1º - Cruzeiro - 75 pontos 
2º - Atlético-PR - 61 pontos, 17 vitórias e 13 gols de saldo
3º - Grêmio - 61 pontos, 17 vitórias e 6 gols de saldo
4º - Goiás - 59 pontos 
5º - Botafogo - 58 pontos
6º - Atlético-MG - 55 pontos, 15 vitórias e 11 gols de saldo 
7º - Vitória - 55 pontos, 15 vitórias e 4 gols de saldo 
8º - Santos - 51 pontos
9º - São Paulo - 50 pontos 
10º - Corinthians - 49 pontos 
11º - Flamengo - 48 pontos
12º - Internacional - 46 pontos 
13º - Bahia - 45 pontos
14º - Portuguesa - 44 pontos
15º - Criciúma - 43 pontos 
16º - Fluminense - 42 pontos e 11 vitórias 
17º - Coritiba - 42 pontos e 10 vitórias 
18º - Vasco - 41 pontos 
19º - Ponte Preta - 36 pontos 
20º - Náutico - 17 pontos 

0 comentários :

Postar um comentário