quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Melhor para o Mengão

Flamengo empata com o Atlético em Curitiba e, por ter marcado fora de casa, sai em vantagem na decisão da Copa do Brasil

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

21/11/2013 - Em um bom jogo na Vila Capanema, Atlético-PR e Flamengo fizeram partida digna de final de Copa do Brasil, com muita marcação, equilíbrio e raça dos dois times. O Furacão saiu na frente com um bonito gol de Marcelo, mas ainda na primeira etapa, Amaral empatou, também em belo gol. Da intermediária, o volante arriscou de longe e deixou o Mengão em vantagem, já que o gol fora de casa é critério de desempate.

O segundo jogo será na próxima quarta-feira (27), às 21h50, no Maracanã. Mais de 50 mil ingressos já foram vendidos. E para o Flamengo levantar a taça para sua torcida, precisa apenas de um empate sem gols. Já o Furacão joga por uma igualdade de dois ou mais gols. Em caso de novo 1 a 1, a disputa irá para os pênaltis.

O jogo terminou empatado, mas o Flamengo comemorou o resultado.
(Foto: Gustavo Oliveira/Site Oficial do Atlético)

O jogo

A primeira etapa começou com o Atlético mais ofensivo, em busca do ataque nos minutos iniciais. Mas foi o Flamengo quem quase marcou primeiro. Aos nove minutos, Chicão recebeu livre na área após cobrança de escanteio, mas furou na hora do chute.

Na primeira chance do Furacão, bola na rede. Paulo Baier tocou para Marcelo, que de fora da área, chutou muito forte. Felipe até tentou a defesa, mas o destino da bola foi o fundo do gol. Mas aos 29 minutos, golaço na Vila Capanema. Amaral foi carregando a bola na intermediária e teve tempo para se posicionar e soltar uma bomba para o gol, no ângulo.

Ainda no primeiro tempo, o Flamengo perdeu o zagueiro Chicão e o lateral André Santos, ambos lesionados. O Atlético foi para o intervalo melhor, desperdiçando boas chances de fazer o segundo gol.

Na etapa final, os mandantes atacavam a todo momento, enquanto o time carioca apostava nos contra-ataques. Logo aos três minutos, Luiz Alberto cabeceou, mas Felipe defendeu a melhor chance do Atlético no segundo tempo.

O "Brocador" Hernane esteve apagado na noite. Em uma chance dele, arriscou de fora da área, mas Weverton defendeu. Em outro lance, um rápido contra-ataque, Léo Moura tentou o chute, mas mandou por cima do gol. Aos 12, o rápido atacante Marcelo ganhou na corrida de Wallace e chutou cruzado; Felipe espalmou.

Aos 31, Everton, que recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso do próximo jogo, chutou de longe, mas Felipe salvou o Flamengo. Nos minutos finais, o Atlético tentou uma pressão, mas com os visitantes bem posicionados defensivamente, o Furacão pouco produziu.

Ficha do jogo:

Atlético-PR 1x1 Flamengo

ATLÉTICO-PR:
Weverton; Juninho, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho (Dellatorre); Deivid, Zezinho, Éverton e Paulo Baier (Maranhão); Marcelo e Éderson (Ciro).
Técnico: Vagner Mancini

FLAMENGO:
Felipe; Léo Moura, Chicão (Samir), Wallace e André Santos (João Paulo); Amaral, Luiz Antônio, Elias e Carlos Eduardo (Diego Silva); Paulinho e Hernane.
Técnico: Jayme de Almeida

Gols: Marcelo, aos 18 minutos do primeiro tempo (CAP); Amaral, aos 29 minutos do primeiro tempo (FLA)

Local: Estádio Durival de Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Público: 15.494 pagantes - 16.936 presentes
Data: 20/11/2013
Horário: 21h50

Árbitro: Paulo César Oliveira (SP - FIFA)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS - FIFA) e Alessandro Rocha Matos (BA - FIFA)

Cartões amarelos:
Pedro Botelho e Everton (CAP) - Léo Moura e Elias (CRF)

0 comentários :

Postar um comentário