domingo, 3 de novembro de 2013

Histórico

Santa Cruz vence Betim no Arruda e volta à Série B com festa para mais de 60 mil torcedores

De Aracaju.
Por Victor França.

03/11/2013 - Após seis longos anos, a agonia do Santa Cruz teve fim. Neste domingo, o torcedor tricolor teve a recompensa do sofrimento que passou durante esse período turbulento. Em um jogo nervoso, com mais de 60 mil espectadores no Arruda, o Santa venceu o Betim por 2 a 1, e vai disputar a Série B 2014. A conquista é ainda mais especial porque, no próximo ano, o time pernambucano completa 100 anos, e vai poder selar o ano do centenário com a classificação para a elite em 2014.

No jogo de ida, o Santa havia vencido por 1 a 0, e precisava apenas de um empate para garantir um acesso. Mas a estrela de Caça-Rato brilhou, selando o retorno com uma vitória. O time ainda pode ser campeão da Série C, e na semifinal, o tricolor encara o Luverdense, nos dois próximos fins de semana. O outro finalista sairá do confronto entre Vila Nova e Sampaio Corrêa. No primeiro jogo, disputado ontem em Goiás, empate sem gols.

Jogadores comemoram o retorno do Santa Cruz à Série B.
(Foto: Jamil Gomes/Assessoria de Imprensa do Santa Cruz)

O Santa começou o jogo envolvendo o Betim aos poucos, tocando a bola com paciência até achar uma brecha na defesa adversária. André Luís recebeu lindo passe de Raul e chutou para defesa de Felipe. Acuado, o time mineiro tinha pouca posse de bola, mas conseguia imprimir boa velocidade quando achava espaço nas laterais. Na primeira boa oportunidade que teve, o Betim apareceu pela direita com Marion, que teve seu chute defendido por Tiago Cardoso.

No restante da etapa inicial, o torcedor presente no Arruda viu um Santa Cruz controlando bem a bola, sem correr muitos riscos. O empate garantia o retorno para a série B, e o time procurava não se empolgar com a euforia da torcida para nada dar errado.

A partida seguiu equilibrada no segundo tempo, mas os dois times passaram a se arriscar um pouco mais. Logo no primeiro minuto, Siloé recebeu cruzamento de Oziel e chutou para outra boa defesa de Felipe. O time mineiro respondeu pouco tempo depois com Wescley, que chutou forte, mas parou em Tiago Cardoso. Todos já estavam nervosos com o empate, quando aos 13, o Santa abriu o placar com André Dias. Ele aproveitou sobra em falta cobrada por Sandro Manoel e bateu no cantinho esquerdo de Felipe. A calma durou pouco, e aos 21, o Betim chegou ao empate. Wescley cruzou na primeira trave e Max desviou de cabeça para as redes.

Daí em diante, a tensão tomou conta do Arruda. Temendo a virada e, consequentemente, a eliminação, a torcida do Santa se calou ao ver o Betim crescer no jogo. Flávio Caça-Rato, que havia entrado no lugar de Siloé, era o jogador mais ofensivo do Santa Cruz naquele momento, mas estava isolado e pouco produzia. Aos 39, Tiago Cardoso salvou o Santa ao defender chute de Tássio. Mas o dia era do Santa Cruz, e três minutos depois, Caça-Rato aproveitou falha do goleiro Felipe e marcou o gol do tão esperado retorno do Santa para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Ficha do jogo:

Santa Cruz 2x1 Betim

SANTA CRUZ:
Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Tiago Costa; Sandro Manoel, Dedé, Everton Heleno (Luciana Sorriso) e Raul; Siloé (Flávio Caça-Rato) e André Dias.
Técnico: Vica

BETIM:
Felipe; Adalberto, André Luís (Carlos Júnior), Max e Denílson; Thiago Santos, Jean Cléber, Patrick e Wescley; Marion (Tássio) e Rodrigo.
Técnico: Moacir Júnior

Local: Estádio do Arruda, em Recife (PE)
Data: 03/11/2013
Horário: 17h

Gols: Santa Cruz: André Dias aos 12 e Flávio Caça-Rato aos 42 minutos do segundo tempo; Betim: Max, aos 20 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Fávio Caça-Rato e André Dias (Santa Cruz); Tássio (Betim)

0 comentários :

Postar um comentário