quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Fora do Z-4

Apesar do 100º gol de Baier, Criciúma vence Atlético-PR, sai da zona de rebaixamento e ajuda Cruzeiro a ser campeão por antecipação

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

13/11/2013 – Lutando para não voltar para a Série B, o Criciúma tinha uma missão difícil hoje: vencer um Atlético-PR embalado e vice-líder do Campeonato Brasileiro. Mas o Tigre foi valente, abriu o placar, ampliou, e soube segurar a pressão nos minutos finais, no dia em que Paulo Baier marcou seu gol de número 100 na era dos pontos corridos. Porém Baier não conseguiu evitar a derrota do Furacão por 2 a 1. O resultado, além de tirar o time catarinense da zona do rebaixamento (em 15º, com 39 pontos), dá o título do Brasileirão para o Cruzeiro.

O primeiro tempo marcou a força de vontade do Criciúma, que marcou bem e fez dois gols para dar tranquilidade para depois do intervalo. O Furacão voltou melhor na etapa final, descontou com Paulo Baier, mas ainda tinha dificuldades para chegar no campo de ataque. Nos minutos finais, foi pressão total do Atlético, mas o Tigre se segurou e manteve a vitória em casa.

Agora fora da zona de rebaixamento, o Criciúma precisa manter o foco para escapar de vez do fantasma da Série B, e para isso, na próxima rodada, encara o Coritiba no Couto Pereira, no sábado (16), às 21h. Já o Atlético-PR, que tem 58 pontos, segue buscando a manutenção da vice-liderança e a confirmação da vaga na Libertadores. O próximo desafio é no Rio de Janeiro, contra o Botafogo, também no sábado, mas às 19h30.


Wellington Paulista e Fábio Ferreira marcaram os gols do Tigre.
(Foto: Fernando Ribeiro/criciumaec.com.br)

O primeiro tempo foi inesperado. O Criciúma dominou as boas oportunidades e teve a tranquilidade para abrir o placar já aos seis minutos, em uma cobrança de falta que Fábio Ferreira aproveitou. Depois disso, o Furacão tentou achar espaços, mas a defesa do Tigre chegava em todas as bolas. Ainda antes do intervalo, os donos da casa ainda ampliaram com Wellington Paulista, de pênalti, aos 28 minutos.

No segundo tempo, o jogo foi mais movimentado. O Atlético criou mais e conseguiu descontar com Paulo Baier, que marcou seu 100º gol na era dos pontos corridos, aos 15 minutos. Depois do equilíbrio, os minutos finais foram de pressão total do Furacão, que tentava de todas as maneiras fazer o gol do empate. Mas não teve jeito. Vitória do Tigre e título, lá em Salvador, para o Cruzeiro.

Ficha do jogo:

Criciúma 2 x 1 Atlético-PR

Criciúma:
Galatto; Sueliton, Matheus Ferraz, Fábio Ferreira e Marlon; Henik, Serginho, João Vitor (Bruno Renan) e Ricardinho; Lins (Cassiano) e Wellington Paulista (Marcel).
Técnico: Argel Fucks

Atlético-PR:
Weverton; Jonas, Dráusio, Luiz Alberto e Juninho (Felipe); Deivid, João Paulo (Ciro), Paulo Baier e Zezinho; Dellatorre e Roger.
Técnico: Vagner Mancini

Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)
Assistentes: Thiago Gomes Brigido (CE) e Arnaldo Rodrigues de Souza (CE).

Local: Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Público: 9.206 presentes 
Renda: R$ 106.680
Data: 13/11/2013
Horário: 21h
           
Gols: Criciúma: Fábio Ferreira, aos seis, e Wellington Paulista, aos 28 minutos do primeiro tempo. Atlético-PR: Paulo Baier, aos 15 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Matheus Ferraz (CRI); Paulo Baier, Deivid, Dellatorre, Zezinho (CAP)

***

34ª rodada: 
Quarta (13), às 19h30:
Goiás 2x0 Ponte Preta 
21h: 
21h50: 
Coritiba 0x1 Corinthians 
Quinta (14), às 19h30: 
Santos x Bahia 
21h: 
Atlético-MG x Internacional 
Fluminense x Náutico 

Classificação:
1º - Cruzeiro - 74 pontos
2º - Atlético-PR - 58 pontos
3º - Grêmio - 57 pontos
4º - Goiás - 56 pontos 
5º - Botafogo - 54 pontos
6º - Vitória - 51 pontos
7º - São Paulo - 49 pontos e 14 vitórias
8º - Atlético-MG - 49 pontos e 13 vitórias (33 jogos)
9º - Corinthians - 48 pontos
10º - Santos - 45 pontos, 11 vitórias e 7 gols de saldo (33 jogos)
11º - Internacional - 45 pontos, 11 vitórias e 2 gols de saldo (33 jogos)
12º - Flamengo - 45 pontos, 11 vitórias e -1 gol de saldo
13º - Portuguesa - 41 pontos, 10 vitórias e 1 gol de saldo
14º - Coritiba - 41 pontos, 10 vitórias e -4 gols de saldo  
15º - Criciúma - 39 pontos e 11 vitórias
16º - Bahia - 39 pontos e 9 vitórias (33 jogos)
17º - Vasco - 37 pontos
18º - Fluminense - 36 pontos (33 jogos)
19º - Ponte Preta - 34 pontos 
20º - Náutico - 17 pontos (33 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário