terça-feira, 12 de novembro de 2013

Emoção até o fim

Ceará sofre pressão nos minutos finais, tem goleiro expulso, mas consegue vencer Avaí e manter vivo o sonho do acesso 

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

12/11/2013 – Perto do fim do campeonato e lutando por uma vaga na Série A, Ceará e Avaí se enfrentaram hoje em jogo mais do que decisivo. A partida foi cheia de emoções. O Vozão fez um excelente primeiro tempo, viu os adversários crescerem depois do intervalo, e mesmo com a pressão nos minutos finais, conseguiu manter a vitória por 2 a 1. O resultado foi fundamental para o Ceará, que chegou a 56 pontos, igualando-se a Sport e Icasa, terceiro e quarto colocados, respectivamente. O time de Fortaleza é o quinto colocado porque tem menos vitórias (15 contra 18 e 17). Já o Avaí foi quem mais caiu na rodada, figurando agora em oitavo lugar, três posições abaixo em relação ao início da rodada.

Em um jogo cheio de emoções, o Ceará dominou no primeiro tempo, se movimentou melhor e saiu na frente. Depois do intervalo, quando parecia que o Vozão levaria com facilidade, o Avaí reagiu, marcou seu primeiro gol e manteve a pressão alta até os últimos minutos. O final do jogo foi dramático. Teve expulsão do goleiro da casa, Fernando Henrique, muito sufoco para o torcedor, mas o resultado foi favorável ao time do Ceará, que cola de vez no G-4.

Para manter o sonho vivo, o Ceará tem que continuar a vencer, e o próximo desafio é fora de casa, contra o Guaratinguetá, às 17 horas da sexta-feira (15). Já o Avaí joga perto de sua torcida, contra o América-RN, no sábado (16), às 17h20.


Foto: CBF.com.br

O Ceará começou a todo vapor o primeiro tempo. Pressionando, encurralou o Leão e abriu o placar com 10 minutos de jogo. Mota aproveitou cobrança de falta e cabeceou para dentro do gol. Aos 35, Rogerinho bateu forte na bola e quase marcou o segundo do Vovô, mas ela subiu muito e passou por cima do gol. Nos últimos minutos, só deu Vozão. Aos 41, a zaga catarinense afastou o perigo novamente em um lance polêmico, onde aparentemente houve o uso da mão, mas o juiz Marcelo Aparecido de Souza não marcou nada.

O segundo tempo começou com o Ceará de novo no ataque, e já aos três minutos, Magno Alves, de voleio, ampliou para o Vozão. E só dava os donos da casa. O goleiro Diogo salvava o Avaí de sofrer mais gols, até os catarinenses descontarem com Beto, aos 32 minutos. O final da partida foi emocionante. Léo Gamalho assumiu o gol dos cearenses depois de Fernando Henrique levar o segundo cartão por retardar o jogo. Mas, no final, o placar se manteve favorável aos anfitriões: 2 a 1.

Ficha do jogo:

Ceará 2 x 1 Avaí

CEARÁ:
Fernando Henrique; Marcos, Potiguar, Gustavo, Vicente; João Marcos, Ricardinho (Diogo Orlando), Rogerinho (Thiago Humberto); Lulinha, Magno Alves e Mota (Léo Gamalho).
Técnico: Sérgio Soares.

AVAÍ:
Diego; Juliano, Alex Lima, Bruno Maia e Aelson; Eduardo Costa, Rodrigo Thiesen (Beto), Cleber Santana e Marquinhos (Ricardinho); Luciano (Tauã) e Márcio Diogo.
Técnico: Hemerson Maria.

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Público: 26.327 pagantes - 27.710 presentes 
Renda: R$ 516.863
Data: 12/11/2013
Horário: 21h50
           
Gols: Ceará: Mota, aos 10 minutos do primeiro tempo, e Magno Alves, aos três minutos do segundo tempo. Avaí: Beto, aos 32 minutos do segundo tempo


Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP).
Assistentes: Bruno Salgado Rizo (SP) e Jesmar Benedito Miranda de Paula (GO).

Cartões amarelos: Ricardinho, Diogo Orlando, Fernando Henrique (CEA); Juliano, Alex Lima (AVA)
Cartões vermelhos: Fernando Henrique (CEA)

***

35ª rodada: 
Terça (12), às 19h30: 
Paraná 0x1 Chapecoense 
Figueirense 2x0 ABC 
Joinville 1x1 Oeste 
Boa Esporte 1x0 São Caetano 
Bragantino 1x2 Icasa 
21h50: 
América-RN 2x2 América-MG 
Atlético-GO 2x1 Sport 
Ceará 2x1 Avaí 
ASA 2x1 Guaratinguetá 
Paysandu 1x0 Palmeiras

Classificação:
Classificação:
1º - Palmeiras - 73 pontos 
2º - Chapecoense - 65 pontos
3º - Sport - 56 pontos e 18 vitórias
4º - Icasa - 56 pontos e 17 vitórias  
5º - Ceará - 56 pontos e 15 vitórias
6º - Figueirense - 55 pontos 
7º - Joinville - 53 pontos, 15 vitórias e 11 gols de saldo
8º - Avaí - 53 pontos, 15 vitórias e 4 gols de saldo
9º - América-MG - 53 pontos e 13 vitórias 
10º - Paraná - 51 pontos  
11º - Boa Esporte - 50 pontos 
12º - Oeste - 44 pontos 
13º - Bragantino - 42 pontos e 12 vitórias 
14º - América-RN - 42 pontos e 10 vitórias 
15º - Guaratinguetá - 41 pontos
16º - ABC - 39 pontos e 11 vitórias
17º - Paysandu - 39 pontos e 10 vitórias
18º - Atlético-GO - 38 pontos 
19º - ASA - 32 pontos e 10 vitórias
20º - São Caetano - 32 pontos e 8 vitórias

0 comentários :

Postar um comentário