domingo, 3 de novembro de 2013

Com autoridade

Em casa, Atlético-PR bate Internacional e assume a segunda colocação no Brasileiro. Colorado segue como mero figurante

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

03/11/2013 - Precisando vencer para não ver sua vaga no G-4 ameaçada, o Atlético-PR não teve problemas para bater o Internacional, na Vila Capanema. Com um placar magro, 1 a 0, o Furacão desperdiçou boas chances de ampliar, mas, mesmo assim, controlou a vantagem feita ainda no primeiro tempo, com gol marcado por Dellatorre. A vitória deixou o time paranaense na segunda posição, com 55 pontos, três a mais que o Goiás, que está em quinto. O Inter segue mal no campeonato. Com 42 pontos, o Colorados estão apenas na 11ª posição.

Na próxima rodada, o Atlético encara o São Paulo, no domingo (10), às 17h, na Vila Capanema. Antes disso, faz o jogo de volta contra o Grêmio, pela semi da Copa do Brasil. Na ida, venceu por 1 a 0, em casa. O segundo jogo será nesta quarta-feira (6), às 21h50, na Arena do Grêmio. Já o Internacional enfrenta, também às 17h do domingo, o Botafogo, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Dellatorre, que havia marcado contra o Grêmio, dessa vez decidiu contra o Inter, seu ex-clube. 
(Foto: Gustavo Oliveira/Site oficial do Atlético-PR)

O jogo

A chuva prejudicou o gramado. Com isso, a qualidade da partida não foi boa. Nos minutos iniciais, os passes errados predominaram, e os bons ataques foram raros. O Atlético teve mais posse de bola e, aos poucos, foi ameaçando o Inter, que com chutes de fora da área, assustava os mandantes.

Aos 23 minutos, Jorge Henrique chutou forte de longe, mas Weverton mandou para escanteio. Na sequência, Jackson aproveitou cruzamento de D'Alessandro, mas cabeceou sem direção. Aos 30 minutos, Paulo Baier quase fez um golaço. O meia chutou com categoria de fora da área, mas a bola passou raspando a trave.

Aos 32, Dellatorre quase marcou. Éderson roubou a bola no ataque e passou para o atacante, que parou na defesa de Muriel. Já aos 44 minutos, ele conseguiu balançar as redes. Em mais uma jogada de Éderson, o camisa 49 desviou o cruzamento e marcou o que seria o único gol do jogo.

Na segunda etapa, quando se esperava um Internacional mais ofensivo, foi visto um Atlético desperdiçando boas chances de ampliar sua vitória. Os visitantes não ameaçaram o gol de Weverton, enquanto o Furacão jogava como se estivesse em desvantagem no placar.

Aos três minutos, Luis Alberto subiu mais alto após cobrança de escanteio de Paulo Baier, mas parou na excelente defesa de Muriel. O goleiro ainda defendeu o chute cruzado de Éderson aos 20 minutos. Aos 30, Éderson parou no travessão, após bela cobrança de falta.

Já nos minutos finais, o Atlético não se expôs tanto para não sofrer o contra-ataque. Assim, controlou a partida até o apito final.

Ficha do jogo:

Atlético-PR 1x0 Internacional

ATLÉTICO-PR: 
Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Deivid, João Paulo, Everton e Paulo Baier (Fran Mérida); Dellatore (Roger) e Éderson (Zezinho).
Técnico: Vagner Mancini.

INTERNACIONAL:
 Muriel; Gabriel, Alan (Índio), Jackson e Kleber; Airton (Rafael Moura), Willians, Jorge Henrique (Otávio), Alex e D'Alessandro; Scocco.
Técnico: Clemer.

Gol: Dellatorre, aos 44 minutos do primeiro tempo

Local: Estádio Durival de Britto e Silva (Vila Capanema), em Curitiba (PR)

Público: 6.253 pagantes - 7.164 presentes
Renda: R$ 94.840,00
Data: 03/11/2013


Horário: 19h30

Cartões amarelos: Fran Mérida e Roger (Atlético-PR); Airton, Índio e Otávio (Internacional)

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

***

32ª rodada: 
Sábado (2), às 19h30: 
Vasco 2x1 Coritiba 
21h: 
Domingo (3), às 17h: 
19h30: 
Criciúma 1x1 Ponte Preta

Classificação:
1º - Cruzeiro - 68 pontos
2º - Atlético-PR - 55 pontos
3º - Grêmio - 54 pontos
4º - Botafogo - 53 pontos
5º - Goiás - 52 pontos
6º - Atlético-MG - 48 pontos, 13 vitórias e 9 gols de saldo
7º - Vitória - 48 pontos, 13 vitórias e 1 gol de saldo
8º - São Paulo - 46 pontos 
9º - Santos - 44 pontos, 11 vitórias e 7 gols de saldo
10º - Flamengo - 44 pontos, 11 vitórias e 1 gol de saldo
11º - Internacional - 42 pontos e 10 vitórias
12º - Corinthians - 42 pontos e 9 vitórias
13º - Coritiba - 40 pontos 
14º - Portuguesa - 39 pontos 
15º - Bahia - 38 pontos
16º - Fluminense - 36 pontos, 9 vitórias e -6 gols de saldo 
17º - Vasco - 36 pontos, 9 vitórias e -9 gols de saldo 
18º - Ponte Preta - 34 pontos 
19º - Criciúma - 33 pontos
20º - Náutico - 17 pontos

0 comentários :

Postar um comentário