domingo, 3 de novembro de 2013

Ainda 100%

Sesi repete a final do Paulista, vence Brasil Kirin e mantém invencibilidade na Superliga Masculina


De Aracaju.
Por Helena Sader.

03/11/13 - O confronto era válido pela sexta rodada da Superliga Masculina de Vôlei 2013/14, mas o gostinho era de final do Campeonato Paulista. Na noite deste sábado (2), Sesi-SP e Vôlei Brasil Kirin, de Campinas, se enfrentaram para mais um duelo da competição nacional. Sem dó, o Sesi repetiu a dose do último duelo entre as equipes, ocorrido há apenas dois dias, e venceu a partida por 3 sets a 0 (21/15, 21/11 e 21/17). 

Um dos destaques da partida foi o oposto Evandro, que marcou 15 pontos e faturou o Troféu VivaVôlei, contribuindo bastante para a vitória do Sesi na partida. Jogando diante da sua torcida, o time da capital paulista manteve a invencibilidade de seis jogos na Superliga e segue em terceiro, com 17 pontos, um a menos que Sada Cruzeiro e RJX. Já o Campinas chegou à marca de sua terceira derrota em finais do Campeonato Paulista para o rival, além da segunda derrota nesta edição da Superliga, onde está em quarto lugar, com 13 pontos.

Sesi se manteve invicto na Superliga.
(Foto: Alexandre Arruda/CBV)

O jogo

Dois dias após perder mais um título para o Sesi, o Campinas resolveu mudar os titulares. Mineiro e Bergamo entraram na equipe. Mas, jogando em casa, o time do Sesi confirmou o favoritismo. O central Lucão foi um dos jogadores e comandou a vitória da equipe da capital, com saques e ataques potentes. No primeiro set, o Sesi chegou a abrir sete pontos. O Campinas esboçou reação, com Gustavão, mas não adiantou. A primeira etapa acabou rapidamente, com 21/15 para o Sesi. 

Na segunda parcial, o Sesi continuava com o domínio da partida. Tudo ia bem para os donos da casa. Mais uma vez, Lucão foi para o saque e causou estrago nos adversários. O central fez três aces e desestabilizou ainda mais o Campinas. Logo, o Sesi tratou de encerrar o set, fazendo 21/11.

No terceiro set, o Campinas esboçou reação e tornou a partida mais equilibrada. Mas, quando o Campinas pensava ter voltado para o jogo, Lucão apareceu no saque de novo e voltou a quebrar o passe dos adversários. O estrago só não foi tão grande quantos os dos outros sets. Nessa etapa, o oposto Evandro apareceu com tudo e acabou com a reação campinense. Ary fechou o último ponto da partida, que fez 21/17 para o Sesi. 


Ficha do jogo: 

Sesi-SP 3x0 Vôlei Brasil Kirin

SESI-SP: 
Começaram: Sandro (1 ponto), Evandro (15), Ary (7), Lucarelli (7), Lucão (8) e Sidão (8). Líbero: Serginho.
Entraram: Renan (1), Thiaguinho (0), Mão (0) e Rogério (0).
Técnico: Marcos Pacheco



BRASIL KIRIN:

Começaram: Rodriguinho (1 ponto), Bergamo (4), Mineiro (5), João Paulo Bravo (2), Gustavão (10) e Vini (3). Líbero: Alan.
Entraram: André Heller (1), Paulo Renan (0), Diogo (3) e Rivaldo (1).
Técnico: Alexandre Rivetti

Local: Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) 
Público: 750 

Arbitragem: Jediel de Carvalho e Sergio Bittencourt, ambos de São Paulo

Troféu VivaVôlei - melhor em quadra: Evandro (Sesi)

***


6ª rodada: 
Sexta (1/11), às 19h30: 
Montes Claros 2x3 São Bernardo, no Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) - 21/16, 21/18, 20/22, 17/21 e 7/15
20h: 
Sada Cruzeiro 3x0 Kappesberg Canoas, no Riacho, em Contagem (MG) - 26/24, 21/18 e 21/15
Sábado (2/11), às 18h: 
RJX 3x0 Voltaço, no Tijuca TC, no Rio de Janeiro (RJ) - 22/20, 21/18 e 21/17
19h30: 
Moda/Maringá 3x0 Vivo/Minas, no Chico Neto, em Maringá (PR) - 21/18, 21/19 e 23/21
21h30: 
Sesi-SP 3x0 Brasil Kirin, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) - 21/15, 21/11 e 21/17
Sábado (9/11), às 21h30: 
Funvic/Taubaté x UFJF, no Abaetê, em Taubaté (SP)


0 comentários :

Postar um comentário