segunda-feira, 28 de outubro de 2013

A queda dos líderes

Amil e Unilever perdem na rodada da Superliga Feminina, mas seguem liderando. Confira detalhes dos jogos desta segunda

De Belo Horizonte.
Por João Vitor Cirilo.

28/10/2013 - Podemos dizer que tivemos as primeiras surpresas nesta Superliga Feminina de Vôlei, amigos. Na noite desta segunda-feira, Vôlei Amil e Unilever, até então líderes e soberanos nesta temporada, foram visitar Pinheiros e Rio do Sul/Equibrasil, respectivamente, e perderam. O time de Campinas, o Amil, ainda se deu melhor, pois perdeu por 3 a 2 e somou um ponto, ficando com a liderança. Dessa maneira, os únicos invictos são o Pinheiros e o Molico/Osasco, que venceu o lanterna Minas com tranquilidade em Belo Horizonte, em jogo que o B.A. acompanhou.

Em casa, Rio do Sul venceu o então líder Unilever.
(Foto: Clóvis Eduardo Cuco/Rio do Sul)

Na capital paulista, a única certeza era que um invicto iria cair, já que Pinheiros e Vôlei Amil se enfrentavam. Melhor para a equipe da casa, que venceu o apertado duelo por 3 sets a 2, em uma sensacional virada com parciais de 16/21, 12/21, 21/17, 24/22 e 15/11. Destaque para a central Andreia (14 pontos), e as ponteiras Samara (14) e Ellen (13), maiores pontuadoras do time. Samara ficou com o Troféu VivaVôlei. Entretanto, o destaque individual do jogo foi Tandara, que fez 24 pontos para o Campinas, insuficientes para evitar a primeira derrota do time de Zé Roberto Guimarães. Mesmo assim, o Amil soma um ponto e lidera, agora com 13. Pinheiros tem quatro vitórias, mas três por 3 sets a 2, o que o faz chegar a nove pontos.

O outro líder foi até Rio do Sul e perdeu para o time da casa. O Unilever levou 3 sets a 1 do Rio do Sul/Equibrasil e se manteve com 12 pontos em cinco jogos. Destaque do jogo para a oposta Arianne, que foi a melhor em quadra e fez 23 pontos para a equipe catarinense, que venceu com parciais de 16/21, 21/16, 21/17 e 21/18. Foi a primeira vitória (e que vitória!) do Rio do Sul em cinco jogos. A equipe chega a três pontos e ao 11º lugar.



O Boleiros da Arquibancada acompanhou dos ginásios as duas outras partidas da segunda-feira. Na Arena Vivo, em Belo Horizonte, o Molico/Nestlé passeou contra o lanterna Minas. O time de Osasco venceu por 3 sets a 0, com parciais de 21/12, 21/9 e 21/17, e 14 pontos da oposta Sheilla, melhor em quadra. O time paulista seria líder, mas a CBV ainda não computou os pontos da partida contra o Maranhão, que escalou uma jogadora irregular na primeira rodada. Assim, o Molico só tem quatro jogos e 11 pontos. O Minas não venceu nenhum set em suas quatro partidas. Veja mais detalhes do jogo, aqui.

No outro jogo, o Banana Boat/Praia Clube fez 3 a 1 no Sesi (18/21, 21/15, 22/20 e 21/12) e venceu a quarta em cinco jogos. O time de Uberlândia é o quarto colocado, com 11 pontos. O Sesi caiu para sétimo, com oito (duas vitórias em três jogos). A levantadora Juliana Carrijo foi a melhor em quadra e a oposta Monique, também do Praia, foi a maior pontuadora, com 17 acertos. Clique para conferir mais detalhes.

Jogos desta segunda-feira (28):
Banana Boat/Praia Clube 3x1 Sesi-SP, no Praia Clube, em Uberlândia (MG) - 18/21, 21/15, 22/20 e 21/12
Minas 0x3 Molico/Nestlé, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG) - 12/21, 9/21 e 17/21
Pinheiros 3x2 Vôlei Amil, no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) - 16/21, 12/21, 21/17, 24/22 e 15/11
Rio do Sul/Equibrasil 3x1 Unilever, no Artenir Werner, em Rio do Sul (SC) - 16/21, 21/16, 21/17 e 21/18


A quinta rodada segue logo mais:
Terça (29/10), às 19h30: 
Barueri x Maranhão/Cemar, no José Correa, em Barueri (SP)
20h30: 
São Cristóvão Saúde/São Caetano x Brasília, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SC)
 Quarta (6/11), às 19h30: 
São Bernardo x Uniara/Afav, no Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP)


Na página da Superliga, confira classificações e tabela de jogos.

0 comentários :

Postar um comentário