sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Virada e demissão

Flamengo abre 2 a 0, mas Atlético-PR vira para 4 a 2 no Maracanã e segue no G-4; Fla se aproxima do Z-4 e Mano pede demissão

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

20/09/2013 - Com objetivos distintos no Campeonato Brasileiro, Flamengo e Atlético-PR duelaram no Maracanã, em jogo da 22ª rodada. Com um início arrasador, o time carioca abriu 2 a 0 com oito minutos do jogo realizado nesta quinta-feira (19). O Atlético diminuiu na primeira etapa, e no segundo tempo, voltou arrasador, virando o jogo para 4 a 2. No final, o técnico Mano Menezes anunciou sua saída do comando do Flamengo. Com a vitória, o Furacão segue na quarta posição, agora com 38 pontos. O Flamengo caiu para 15ª posição. O time da Gávea tem 26 pontos, dois a mais do primeiro time da zona da degola, o Criciúma.

Na próxima rodada, o time paranaense recebe a Ponte Preta no domingo (22). O jogo será na Vila Capanema, às 18h30. No mesmo dia, mas um pouco mais cedo, às 16h, o Flamengo enfrenta o Náutico, na Arena Pernambuco.

Flamengo viu um Furacão no Maracanã.
(Foto: Bruno Baggio/Divulgação Site Oficial do Atlético)

O jogo

Logo no primeiro minuto, Hernane fez a festa para torcida da casa. Após cruzamento de Carlos Eduardo, Rafinha tocou para o atacante, que mandou para o fundo das redes. Enquanto o Atlético assimilava o primeiro gol, o Flamengo já marcava o segundo. Aos oito minutos, Paulinho puxou rápido contra-ataque e passou para Luiz Antônio ampliar. Com o início arrasador, pintava uma goleada no Maracanã. Em quase dois minutos, o Mengo teve duas chances.

Aos 12, Hernane recebeu de Luiz Antônio e tentou de letra, mas se atrapalhou. No minuto seguinte, Luiz Antônio fez jogada individual e chutou forte, mas Weverton defendeu. Aos 18 minutos, o goleiro apareceu mais uma vez após defender um chute de Rafinha.

Mas o Furacão acordou no jogo. Na primeira chance dos paranaenses, bola na rede. Aos 19 minutos, Marcelo puxou o contra-ataque e cruzou na área. De carrinho, Fran Mérida empurrou para dentro do gol. O jogo caiu de rendimento no primeiro tempo, mas o Flamengo assustou aos 32 minutos. Luiz Alberto chutou forte, mas Weverton novamente defendeu.

Na segunda etapa, os papeis inverteram. O Atlético voltou melhor, enquanto os cariocas estavam desorganizados em campo. Aos oito minutos, Dellatorre empatou. Éverton fez um excelente lançamento para o atacante, que invadiu a área e chutou para o gol.

Mesmo fora de casa, o Furacão seguia pressionando o adversário, e em duas oportunidades, Paulo Victor salvou o Flamengo. Aos 16 minutos, Éverton ficou com a sobra dentro da área e chutou rasteiro; o goleiro defendeu em cima da linha. Aos 22, Marcelo cabeceou de peixinho, mas o arqueiro apareceu bem para evitar a virada.

Aos 32 minutos, Paulo Victor não conseguiu salvar mais uma, e o Atlético passou à frente. Adryan tocou errado no meio, Roger recuperou e lançou Marcelo, que livre de marcação, não teve problemas para fazer o gol.

Com um adversário sem demonstrar forças de reação, o Atlético chegou ao quarto gol. Aos 36 minutos, Roger aproveitou a cobrança de escanteio e fez seu primeiro gol com a camisa do Furacão, dando números finais à partida.

Ficha do jogo:

Flamengo 2x4 Atlético-PR

FLAMENGO:
Paulo Victor; Luiz Antonio, Wallace, Marcos González e João Paulo; Cáceres, Elias e Carlos Eduardo (Adryan); Rafinha (Nixon), Paulinho e Hernane (Marcelo Moreno).
Técnico: Mano Menezes

ATLÉTICO PARANAENSE:
Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Maranhão; Bruno Silva (Dellatorre), João Paulo, Everton e Fran Mérida (Deivid); Marcelo e Ederson (Roger).
Técnico: Vagner Mancini

Gols: Hernane, a um minuto, e Luiz Antônio, aos oito do primeiro tempo (Flamengo); Fran Mérida, aos 20 minutos do primeiro tempo; Dellatorre, aos oito, Marcelo, aos 32, e Roger, aos 35 minutos da etapa final (Atlético-PR)

Cartões Amarelos: Elias, Cáceres e Wallace (Flamengo); João Paulo, Léo e Everton (Atlético Paranaense)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Fabio Pereira (TO) e Janette Mara Arcanjo (MG) 

Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19/09/2013
Horário: 19h30


***

22ª rodada:
Quarta-feira (18), às 19h30:
21h:
Criciúma 1x2 Fluminense
21h50:
21h:

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 49 pontos (22 jogos)
2º - Botafogo - 42 pontos (22 jogos)
3º - Grêmio - 38 pontos e 11 vitórias (22 jogos)
4º - Atlético-PR - 38 pontos e 10 vitórias (22 jogos)
5º - Internacional - 34 pontos (22 jogos)
6º - Vitória - 30 pontos e 8 vitórias (22 jogos)
7º - Corinthians - 30 pontos, 7 vitórias e 7 gols de saldo (22 jogos)
8º - Coritiba - 30 pontos, 7 vitórias e 0 gol de saldo (22 jogos)
9º - Goiás - 30 pontos, 7 vitórias e -3 gols de saldo (22 jogos)
10º - Fluminense - 29 pontos e 8 vitórias (22 jogos)
11º - Santos - 29 pontos e 7 vitórias (21 jogos)
12º - Atlético-MG - 28 pontos e -1 gol de saldo (21 jogos)
13º - Bahia - 28 pontos e -4 gols de saldo (22 jogos)
14º - São Paulo - 27 pontos (22 jogos)
15º - Flamengo - 26 pontos (22 jogos)
16º - Portuguesa - 25 pontos (22 jogos)
17º - Criciúma - 24 pontos e 7 vitórias (22 jogos)
18º - Vasco - 24 pontos e 6 vitórias (22 jogos)
19º - Ponte Preta - 19 pontos (21 jogos)
20º - Náutico - 9 pontos (21 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário