quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Superação

Com um jogador a menos, São Paulo vence o Náutico e pode sair da zona de rebaixamento na próxima rodada

De Curitiba.
Por Willian Gomes. 

04/09/2013 - Em partida adiada da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Náutico recebeu o São Paulo na Arena Pernambuco. O jogo só foi disputado nesta terça-feira (3) devido à excursão dos paulistas para a Europa em julho. Com um gol na segunda etapa, marcado por Aloísio, o São Paulo suportou a pressão dos pernambucanos e também a desvantagem numérica, após Antônio Carlos ser expulso aos 15 minutos do segundo tempo.

Com a vitória, o Tricolor chegou aos 18 pontos, e ocupa a 17ª posição. Na próxima rodada, o São Paulo pode sair da zona de rebaixamento em caso de vitória sobre o Criciúma. O jogo será na quinta-feira (5), no Morumbi. Já o Náutico segue em situação bem complicada no campeonato. O Timbu tem apenas oito pontos e está na lanterna. O próximo adversário é o Vasco e o jogo também será na quinta-feira, na Arena Pernambuco.

Eficiente, São Paulo teve melhor aproveitamento nas finalizações.
(Foto: Rubens Chiri/Divulgação/saopaulofc.net)

O jogo

Em busca da vitória, o Náutico tentou fazer o fator casa como desequilíbrio e foi para o ataque nos primeiros minutos. Aos 6, William Alves recebeu cruzamento na área, mas Rogério Ceni defendeu. Aos 12 minutos, Morales tocou para Tiago Real, que invadiu a área e chutou forte; Ceni mandou para escanteio. Na cobrança, William Alves rebebeu na área, chutou rasteiro, mas mais uma vez o goleiro dos paulistas defendeu.

Aos poucos, o São Paulo foi equilibrando a posse de bola, e o Tricolor chegou com perigo aos 26 minutos. Reinaldo chutou forte de fora da área, mas Ricardo Berna fez grande defesa. A partida passou a ficar concentrada no meio-campo, com muitas faltas, e as chances de gol foram tornando-se raras.

Na segunda etapa, Olivera quase abriu o placar para o Timbu. Em um cruzamento na área, ele subiu mais alto, mas a bola foi para fora. Aos 15 minutos, Antônio Carlos fez uma falta pesada em Rogério, e recebeu cartão vermelho direto.

Mesmo com um a menos, o São Paulo passou a explorar os contra-ataques, e começou a ter as melhores chances. Aos 26 minutos, Negueba chutou forte para o gol, mas Ricardo Berna defendeu mais uma. No minuto seguinte, Aloísio balançou as redes. Reinaldo cruzou da esquerda, o atacante se antecipou a marcação e completou para o fundo do gol.

Aos 29 minutos, o Náutico quase empatou na pressão. Olivera ganhou mais um cruzamento, mas mandou a bola na trave. Por mais que pressionasse, o time da casa não conseguia concretizar as oportunidades criadas. Na base da defesa contra o ataque, melhor para a defesa do São Paulo, que saiu vitorioso da Arena Pernambuco.

Ficha do jogo:

Náutico 0x1 São Paulo

NÁUTICO:
Ricardo Berna; Auremir, Leandro Amaro, William Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Helder (Derley), Martinez, Tiago Real (Jones Carioca) e Morales (Rogério); Olivera.
Técnico: Jorginho

SÃO PAULO:
Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Antônio Carlos e Reinaldo; Wellington, Rodrigo Caio, Ganso (Maicon) e Lucas Evangelista (Negueba); Osvaldo (Aloísio) e Luis Fabiano.
Técnico: Paulo Autuori

Gol: Aloísio, aos 27 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: William Alves (Náutico). Maicon e Reinaldo (São Paulo)

Cartão vermelho: Antônio Carlos (São Paulo)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Marcelo Barison (RS) e Ivan Bohn (PR)

Local: Arena Pernambuco
Data: 03/09/2013
Horário: 21h

***

18ª rodada: 
Terça (3), às 19h30: 
Goiás 2x0 Grêmio 
Quarta (4), às 19h30: 
Flamengo x Vitória 
Atlético-PR x Santos 
21h: 
Portuguesa x Ponte Preta 
21h50: 
Atlético-MG x Fluminense 
Bahia x Cruzeiro 
Internacional x Corinthians 
Quinta (5), às 19h30: 
Botafogo x Coritiba 
21h: 
São Paulo x Criciúma 
Náutico x Vasco

Classificação:
1º - Cruzeiro - 34 pontos (17 jogos)
2º - Grêmio - 31 pontos (18 jogos)
3º - Atlético-PR - 30 pontos e 9 gols de saldo (17 jogos)
4º - Botafogo - 30 pontos e 8 gols de saldo (17 jogos)
5º - Corinthians - 29 pontos (17 jogos)
6º - Goiás - 26 pontos (18 jogos)
7º - Coritiba - 25 pontos (17 jogos)
8º - Internacional - 24 pontos (16 jogos)
9º - Bahia - 23 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
10º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
11º - Santos - 22 pontos e 5 vitórias (15 jogos)
12º - Criciúma - 20 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
13º - Atlético-MG - 20 pontos, 5 vitórias e -4 gols de saldo (16 jogos)
14º - Vasco - 20 pontos, 5 vitórias e -6 gols de saldo (17 jogos)
15º - Flamengo - 19 pontos (17 jogos)
16º - Fluminense - 18 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
17º - São Paulo - 18 pontos e 4 vitórias (17 jogos)
18º - Portuguesa - 16 pontos (17 jogos)
19º - Ponte Preta - 15 pontos (16 jogos)
20º - Náutico - 8 pontos (16 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário