domingo, 15 de setembro de 2013

Presente de grego

No aniversário de 110 anos do Grêmio, Galo marca com Fernandinho, vence e estraga a festa gaúcha na Arena


De Belo Horizonte.
Por Márcio Júnio.

15/09/2013 - O glorioso Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense completou, neste domingo (15), 110 anos de história. O convidado para festa foi o Atlético Mineiro, de Ronaldinho e Victor, que já passaram pelo time do Sul, assim como o zagueiro e capitão Réver. Em jogo válido pela 21ª rodada do Brasileirão, as equipes duelaram na nova Arena. O Galo colocou água no chopp do Tricolor e venceu por 1 a 0, com gol marcado por Fernandinho, na etapa complementar. O Grêmio de Renato Gaúcho perdeu a chance de encostar no Cruzeiro, líder que abriu nove pontos do time gaúcho, ainda o terceiro colocado e na briga pelo título do Brasileirão, apesar de ter se distanciado um pouco. O Grêmio ainda confia no título para sair do jejum sem uma grande conquista, que já dura mais de 12 anos.

Por outro lado, o Atlético Mineiro confirmou sua reação no campeonato, e chega à marca de dez jogos consecutivos sem derrota (quatro vitórias e seis derrotas). Mesmo com um jogo a menos, o Galo é décimo colocado, com 28 pontos. Mesma pontuação do Santos, que é o nono porque tem melhor saldo de gols.

As equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (18), pela 22ª rodada. O Grêmio recebe o Santos, às 19h30. Já o Atlético joga às 21h50, no Morumbi, contra o São Paulo de Muricy Ramalho, que após 12 rodadas, finalmente conseguiu sair da zona da degola.


Barcos tentou, mas o Grêmio não marcou e saiu derrotado pelo Atlético.
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Debaixo de muita chuva, as equipes não conseguiram mostrar um futebol de alto nível. E o primeiro tempo teve poucas chances de gol. O lance de mais perigo foi aos nove minutos. Barcos aproveitou o rebote e bateu da entrada da área. O goleiro Victor pulou e fez boa defesa.

Melhor em boa parte do jogo, o time gremista parou no "santo alvinegro", que estava em noite inspirada. Vaiado pela torcida do ex-clube, Victor voltou a fazer seus milagres. Sua principal defesa foi aos 14 minutos, já no segundo tempo. Enganado pelo campo pesado, o zagueiro Réver falhou e a bola sobrou para Vargas. Ele saiu cara a cara com o goleiro, que conseguiu espalmar a bola; no rebote, Vargas bateu e Réver conseguiu fazer o corte.

Seguindo a lei do futebol e parafraseada por Muricy, "a bola pune".  Dois minutos depois, o Galo abriu o placar. Após boa jogada de Jô, passe para Tardelli, que chegou à linha de fundo, cruzou rasteiro e Fernandinho, de carrinho, balançou a rede. 


O time do Grêmio não desistiu e continuou atacando, teve mais três boas chances de gol, mas todas pararam no paredão alvinegro. Que pena para torcida gremista, que além de Ronaldinho (que conquistou quatro vitórias em seis jogos contra o ex-clube), agora tem outro algoz no time de Minas. Victor é o novo vilão. 

Ficha do jogo:

Grêmio 0 x 1 Atlético MG

GRÊMIO:
 Dida; Gabriel, Rhodolfo e Bressan (Jean Daretti); Pará, Riveros, Ramiro (Wendell), Zé Roberto e Alex Telles (Paulinho); Vargas e Barcos.
Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-MG:
Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva, e Junior Cesar (Emerson); Pierre, Josué e Ronaldinho (Luan); Fernandinho, Diego Tardelli (Dátolo) e Jô.
Técnico: Cuca

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 15/09/2013
Horário: 18h30

Gols: Fernandinho, aos 16 minutos do segundo tempo

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Rodrigo Henrique Corrêa (RJ)

Cartões Amarelos: Ramiro e Alex Telles(Grêmio); Jô (Atlético-MG)

***

21ª rodada: 
Sábado (14), às 18h30: 
21h: 
Fluminense 2x1 Portuguesa
 Domingo (15), às 16h:
18h30: 
Vitória 2x1 Náutico

Classificação: 
1º - Cruzeiro - 46 pontos (21 jogos)
2º - Botafogo - 42 pontos (21 jogos)
3º - Grêmio - 37 pontos (21 jogos)
4º - Atlético-PR - 35 pontos (21 jogos)
5º - Internacional - 34 pontos (21 jogos)
6º - Corinthians - 30 pontos (21 jogos)
7º - Coritiba - 29 pontos e 0 gol de saldo (21 jogos)
8º - Goiás - 29 pontos e -3 gols de saldo (21 jogos)
9º - Santos - 28 pontos e 5 gols de saldo (20 jogos)
10º - Atlético-MG - 28 pontos e 0 gol de saldo (20 jogos)
11º - Vitória - 27 pontos (21 jogos)
12º - Fluminense - 26 pontos e 7 vitórias (21 jogos)
13º - Flamengo - 26 pontos e 6 vitórias (21 jogos)
14º - Bahia - 25 pontos (21 jogos)
15º - Criciúma - 24 pontos e 7 vitórias (21 jogos)
16º - São Paulo - 24 pontos, 6 vitórias e -2 gols de saldo (21 jogos)
17º - Vasco - 24 pontos, 6 vitórias e -7 gols de saldo (21 jogos)
18º - Portuguesa - 22 pontos (21 jogos)
19º - Ponte Preta - 16 pontos (20 jogos)
20º - Náutico - 9 pontos (20 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário