quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Objetivos inalcançados

Boa Esporte e Avaí deixam placar em branco e meta de entrar no grupo de acesso fica para a próxima rodada

Por Matheus de Oliveira. 
De Belo Horizonte. 

04/09/2013 - As contas eram simples. Uma vitória para quaisquer dos lados garantia uma das equipes no G-4 da Série B, mas a sutil diferença de apenas um ponto na tabela, entre Boa Esporte e Avaí, foi ilustrado pelo equilíbrio dentro de campo. O zero a zero no estádio do Melão, em Varginha, na noite desta terça-feira (3) desagradou os dois lados, pela 19ª rodada da segundona.

Foto: CBF.com.br

O resultado não alterou a posição das duas equipes na tabela. O Boa Esporte segue em sexto, com 31 pontos. O Avaí é o sétimo, com 30. Na próxima rodada os mineiros enfrentam a Chapecoense, sexta-feira (6), às 21h50, na Arena Condá. Os catarinenses recebem o Oeste, no mesmo dia, mas às 19h30.

O jogo

Com apenas um minuto de jogo, o volante Rodrigo Souza, do Boa, caiu de mau jeito, sentiu o tornozelo e não conseguiu permanecer em campo. Ele foi substituído por Marabá. A primeira boa finalização da partida veio dos pés de Marcelinho Paraíba, que mandou chute perigoso da meia lua, aos 12 minutos.

Na sequência, o Avaí teve duas boas chances, mas parou no goleiro Douglas. Inicialmente, com Luciano, que teve o ângulo fechado pelo goleiro mandante. Aos 19, Douglas ficou cara a cara com Luciano mais uma vez, e novamente o arqueiro levou a melhor. Ainda no fim da primeira etapa, os mineiros quase abriram o placar em desvio de Luiz Paulo após cobrança de falta de Marcelinho paraíba, aos 36 minutos.

No segundo tempo, o Avaí foi quem começou chegando com perigo. Cleber Santana cobrou falta por baixo da barreira e viu a bola passar perto da trave de Douglas. Dois lances em sequência, aos 26 minutos, agitaram a etapa final. Márcio Diogo arriscou e acertou a trave boveta. Os mandantes responderam com a mesma moeda. Fernando Karanga desviou cruzamento e mandou no poste.

A partida ficou mais aberta, porém as defesas sobressaíram sobre os ataques e a rede ficou “a ver navios”.

Ficha do jogo

Boa Esporte: Douglas; Rafinha, Ciro Sena, Thiago Carvalho e Petros; Rodrigo Souza (Marabá), Betinho (Malaquias), Francismar e Marcelinho Paraíba; Luiz Paulo (Robert) e Fernando Karanga. 
Técnico: Nedo Xavier

Avaí: Diego; Ricardinho, Alex Lima, Bruno Maia e Héracles; Eduardo Costa, Rodrigo Thiesen (Anderson Uchoa), Cleber Santana, Marquinhos e Luciano (Diego Jardel); Beto (Márcio Diogo). 
Técnico: Hemerson Maria

Estádio: Melão, em Varginha (MG)

Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo (RN)
Auxiliares: Herman Brumel Vani (SP) e Alberto Poletto Masseira (SP)

***

19ª rodada - Última do primeiro turno: 
Terça (3): 
Boa Esporte 0x0 Avaí
Oeste 4x1 América-RN
Figueirense 2x1 Bragantino
Joinville 1x1 Ceará
Icasa 0x3 Paraná
Palmeiras 0x0 Chapecoense
ABC 2x1 América-MG
São Caetano 3x0 ASA
Guaratinguetá 2x0 Atlético-GO
Paysandu 2x0 Sport

Classificação:
1º - Palmeiras - 42 pontos 
2º - Chapecoense - 40 pontos 
3º - Paraná - 36 pontos 
4º - Sport - 31 pontos e 10 pontos 
5º - Joinville - 31 pontos e 9 vitórias
6º - Boa Esporte - 31 pontos e 8 vitórias
7º - Avaí - 30 pontos
8º - Figueirense - 29 pontos
9º - Icasa - 28 pontos
10º - América-MG - 27 pontos
11º - Bragantino - 26 pontos
12º - Ceará - 23 pontos
13º - ASA - 22 pontos e 7 vitórias
14º - Oeste - 22 pontos e 6 vitórias
15º - Guaratinguetá - 21 pontos
16º - Atlético-GO - 20 pontos
17º - São Caetano - 19 pontos e -1 gol de saldo 
18º - Paysandu - 19 pontos e -7 gols de saldo 
19º - América-RN - 18 pontos 
20º - ABC - 14 pontos

0 comentários :

Postar um comentário