domingo, 1 de setembro de 2013

O gol do suspiro

Criciúma consegue vitória magra Barradão e se afasta do Z-4 no Brasileiro

De Aracaju.
Por Victor França.

01/09/2013 - Não foi dessa vez que jogar no Barradão fez a diferença para o Vitória. Neste domingo contra o Criciúma, o time baiano foi derrotado por 1 a 0, em jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado de pênalti por Marcel, ainda no primeiro tempo. Com a vitória, o Tigre se afastou um pouco mais da zona de rebaixamento, e agora ocupa a 12ª posição, com 20 pontos. Já o Vitória completou três jogos sem vencer, e está em décimo, com 22 pontos. Após a partida, o técnico Caio Júnior foi demitido pela diretoria da equipe rubro-negra.

O Leão volta a campo na próxima quarta (4), às 19h30, contra o Flamengo, no Maracanã. Na quinta (5), o Criciúma encara o São Paulo, às 21h, no Morumbi.

Marcel comemorando o único gol do jogo
(Foto: Fernando Ribeiro/www.criciumaec.com.br)

O Vitória começou marcando forte no meio, dificultando a saída de bola do Criciúma. Aos dois minutos, o lateral Ayrton bateu visando o ângulo direito de Galatto e a bola saiu por pouco. Aos poucos, o Tigre foi foi se acertando em campo e passou a ter mais posse de bola do que o Vitória. Na primeira boa descida ao ataque, o Criciúma marcou. Marcel puxou contra-ataque e na hora de finalizar, foi puxado por Victor Ramos dentro da área. Pênalti. Na cobrança, o centroavante soltou uma bomba, sem chances para Wilson.

Sem conseguir criar, o Vitória ficou nervoso e tinha dificuldades para chegar ao campo de ataque. Quando se aproximava da área adversária, apostava nos cruzamentos para chegar ao gol de empate. Porém, a defesa catarinense estava bem postada e afastava os perigos vindos do alto.

Para tentar deixar o Vitória mais ofensivo no segundo tempo, o técnico Caio Júnior colocou o atacante Dinei na vaga do volante Elizeu. Com mais um atacante, o time rubro-negro passou a apostar ainda mais na bola aérea. Aos 12, Ayrton cruzou, a zaga do Criciúma afastou mal e a bola sobrou para Alemão, que bateu forte com muito perigo. Bem fechado, o Tigre chegava com perigo nos contra-ataques, e aos 20, por pouco não ampliou. Após cruzamento da direita, Marcel cabeceou no contrapé de Wilson, que ainda conseguiu se recuperar e defender.

Nos 20 minutos finais, só deu Vitória, que saiu de vez para o ataque se expondo totalmente defensivamente. Aos 30, Juan rolou para trás e Dinei apareceu finalizando. Galatto fez ótima defesa. Em nova chance baiana, Marquinhos arriscou de longe e acertou a trave. A blitz continuou até os instantes finais, mas a defesa do Tigre permaneceu impenetrável e garantiu o triunfo no Barradão.

Ficha do jogo:

Vitória 0 x 1 Criciúma

VITÓRIA: 
Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Fabrício e Juan; Elizeu (Dinei), Luís Alberto, Luís Cáceres e Vander (Marquinhos); Maxi Biancucchi e Alemão.
Técnico: Caio Júnior

CRICIÚMA:
Galatto; Tony, Matheus Ferraz, Leonardo Moura e Marlon; Serginho, Elton e João Vitor (Douglas); Lins, Marcel (Morais) e Fabinho (Cassiano).
Técnico: Sílvio Criciúma

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 01/09/2013
Horário: 16h

Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Gol: Criciúma: Marcel

Cartões Amarelos: Ayrton e Victor Ramos (Vitória); Matheus Ferraz, Serginho e Lins (Criciúma)

***

Brasileirão - 17ª rodada:
Sábado (31), às 18h30: 
Grêmio 1x0 Ponte Preta 
21h: 
Domingo (1), às 16h: 
Coritiba 0x0 Internacional 
18h30: 


Classificação:
1º - Cruzeiro - 34 pontos (17 jogos)
2º - Grêmio - 31 pontos (17 jogos)
3º - Atlético-PR - 30 pontos e 9 gols de saldo (17 jogos)
4º - Botafogo - 30 pontos e 8 gols de saldo (17 jogos)
5º - Corinthians - 29 pontos (17 jogos)
6º - Coritiba - 25 pontos (17 jogos)
7º - Internacional - 24 pontos (16 jogos)
8º - Bahia - 23 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
9º - Goiás - 23 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
10º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
11º - Santos - 22 pontos e 5 vitórias (15 jogos)
12º - Criciúma - 20 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
13º - Atlético-MG - 20 pontos, 5 vitórias e -4 gols de saldo (16 jogos)
14º - Vasco - 20 pontos, 5 vitórias e -6 gols de saldo (17 jogos)
15º - Flamengo - 19 pontos (17 jogos)
16º - Fluminense - 18 pontos (17 jogos)
17º - Portuguesa - 16 pontos (17 jogos)
18º - Ponte Preta - 15 pontos e 4 vitórias (16 jogos)
19º - São Paulo - 15 pontos e 3 vitórias (16 jogos)
20º - Náutico - 8 pontos (15 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário