quarta-feira, 4 de setembro de 2013

O Brocador voltou

No Maracanã, Hernane faz dois gols e Flamengo leva a melhor diante do Vitória, que perdeu a quarta seguida

De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

04/09/2013 - Vivendo um mau momento no Brasileirão, o Flamengo precisava vencer o Vitória, no Maracanã, pela 18ª rodada, para se afastar da zona de rebaixamento. O jogo também era importante para o time nordestino que, apesar de no princípio estar brigando na ponta da tabela, já completava três derrotas seguidas e acabara de demitir o treinador Caio Júnior e contratar Ney Franco. No entanto, o jejum de vitórias do Leão não teve fim essa noite. A equipe carioca abriu dois gols no primeiro tempo com o atacante Hernane inspirado. Já nos acréscimos para o fim da partida, o Vitória conseguiu balançar as redes, porém, já era tarde para mudar o resultado, terminando em 2 a 1 para o Flamengo.

No fim de semana, Flamengo e Vitória enfrentarão duas equipes mineiras. O Rubro-negro baiano receberá o Atlético-MG no sábado (7), às 18h30. Já o time da Gávea terá um confronto diante do Cruzeiro, no Mineirão, no domingo (8), às 16h.

Hernane marcou duas vezes na vitória rubro-negra.
(Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)

O jogo

O Flamengo foi melhor no primeiro tempo. Muito mais criativo que o adversário, o time carioca teve diversas chances de gol. O Vitória, por sua vez, tentava explorar os contra-ataques, porém, os lances não eram bem finalizados. Com um minuto de jogo, a zaga do Vitória bobeou na saída. Rafinha fez boa enfiada de bola nas costas da marcação e Hernane finalizou bem de pé direito, mas Wilson espalmou.

A melhor chance do Vitória foi aos 11 minutos. No ataque do Flamengo, o time carioca recuperou a bola com Renato Cajá, que passou para Alemão e recebeu de volta, muito bem posicionado na área. No entanto, o meia adiantou demais a bola e não conseguiu boa finalização. Na sequência, Maxi ficou com a sobra e tentou mais uma vez, mas a bola passou à direita de Felipe.

Aos 19 minutos, Rafinha tabelou com Hernane e cruzou rasteiro, buscando Gabriel. Mas o lateral Ayrton chegou primeiro e afastou na medida. Três minutos depois, Elias deu um belo passe e deixou Hernane de cara para o gol. O camisa 9 tirou o goleiro da jogada com uma cavadinha e abriu o placar no Maracanã.

Faltando dois minutos para o fim da primeira etapa, Hernane recebeu na esquerda e tentou o cruzamento por duas vezes. A bola bateu na zaga e saiu para escanteio. Na cobrança do tiro de canto, o atacante flamenguista subiu sozinho e cabeceou para o chão. A bola quicou e entrou no ângulo do gol defendido por Wilson.

No segundo tempo, o jogo continuou no mesmo ritmo. O Flamengo, mesmo cadenciando a partida, levava mais perigo. Aos 15 minutos, Elias encontrou Gabriel na grande área. O camisa 10 finalizou rasteiro, de pé esquerdo, para boa defesa do goleiro do Vitória. Em seguida, Rafinha conseguiu se livrar da marcação de Michel e cruzou pela direita. Hernane conseguiu bom cabeceio, mas a bola passou por cima do travessão.

No fim jogo, o time nordestino cresceu e foi buscar o seu gol. Aos 28 minutos, Dinei recebeu, dominou no peito e ajeitou ótima para Maxi pegar de primeira. O goleiro Felipe, que estava bem colocado, fez a defesa. Já nos acréscimos da partida, o Vitória conseguiu balançar as redes e diminuir o placar no Maracanã. Depois de cruzamento pela direita, o lateral Juan recebeu livre na área e acertou um belo chute de primeira. No entanto, não restava mais tempo para buscar o empate.

Ficha do jogo:

Flamengo 2 x 1 Vitória

FLAMENGO:
Felipe; Léo Moura, Chicão (Diego Silva), Wallace e Samir; Luiz Antonio, Elias, André Santos e Gabriel (Bruninho); Rafinha (Paulinho) e Hernane.
Técnico: Mano Menezes

VITÓRIA:
Wilson; Ayrton, Fabrício, Victor Ramos e Juan; Michel, Luís Alberto (Marquinhos), Cáceres e Renato Cajá (Leilson); Maxi Biancucchi e Alemão (Dinei).
Técnico: Ney Franco

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 04/09/2013

Gols: Hernane, aos 22 e aos 43 minutos do primeiro tempo (Flamengo); Juan, aos 43 minutos do segundo tempo (Vitória)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Marco Antônio de Mello Moreira (GO).

Cartões amarelos: André Santos e Hernane (Flamengo); Maxi Biancucchi e Victor Ramos (Vitória)

***

18ª rodada: 
Terça (3), às 19h30: 
Goiás 2x0 Grêmio 
Quarta (4), às 19h30: 
Flamengo 2x1 Vitória
Atlético-PR 2x1 Santos
21h: 
Portuguesa 2x1 Ponte Preta 
21h50: 
Atlético-MG 2x2 Fluminense 
Bahia 1x3 Cruzeiro 
Internacional 1x0 Corinthians 
Quinta (5), às 19h30: 
Botafogo x Coritiba 
21h: 
São Paulo x Criciúma 
Náutico x Vasco


Classificação:
1º - Cruzeiro - 37 pontos (18 jogos)
2º - Atlético-PR - 33 pontos (18 jogos)
3º - Grêmio - 31 pontos (18 jogos)
4º - Botafogo - 30 pontos (17 jogos)
5º - Corinthians - 29 pontos (18 jogos)
6º - Internacional - 27 pontos (17 jogos)
7º - Goiás - 26 pontos (18 jogos)
8º - Coritiba - 25 pontos (17 jogos)
9º - Bahia - 23 pontos (18 jogos)
10º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (18 jogos)
11º - Santos - 22 pontos, 5 vitórias e 5 gols de saldo (16 jogos)
12º - Flamengo - 22 pontos, 5 vitórias e -3 gols de saldo (18 jogos)
13º - Atlético-MG - 21 pontos (17 jogos)
14º - Criciúma - 20 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
15º - Vasco - 20 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
16º - Fluminense - 19 pontos e 5 vitórias (18 jogos)
17º - Portuguesa - 19 pontos e 4 vitórias (18 jogos)
18º - São Paulo - 18 pontos (17 jogos)
19º - Ponte Preta - 15 pontos (17 jogos)
20º - Náutico - 8 pontos (16 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário