quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Na cola do líder

Atlético-PR vence o Santos e assume a segunda colocação do Campeonato Brasileiro; Peixe mantém a 11ª posição

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

04/09/2013 - O Atlético-PR chegou nesta quarta-feira há onze jogos de invencibilidade no Brasileirão. A vítima da vez foi o Santos. No Estádio Durival Britto e Silva, a Vila Capanema, o Furacão fez 2 a 0 no primeiro tempo. No final do jogo, o Peixe pressionou, mas só marcou um gol. Marcelo e Marco Antonio balançaram as redes para o Atlético, e Emerson fez para o Santos.

Com 33 pontos, o Atlético chegou à segunda posição do Campeonato Brasileiro, ultrapassando o Grêmio, que perdeu para o Goiás. Já o Santos segue no meio da tabela. Com 22 pontos, o Peixe está na 11ª posição.

Na próxima rodada, o time paranaense fecha o primeiro turno contra o Vasco, em São Januário, às 18h30 do domingo (8). O Santos enfrenta o Goiás, na Vila Belmiro, às 18h30 do sábado (7).

Marcelo fez o primeiro gol da vitória do Atlético.
(Foto: Bruno Baggio/Site Oficial do Atlético)

Fator casa

Jogando com o apoio da torcida, o Atlético foi para cima do Santos nos minutos iniciais, e a pressão deu certo. Aos seis minutos, Paulo Baier lançou Marcelo, o atacante ganhou de Léo e chutou forte. A bola encobriu Aranha e foi para o fundo das redes.

Aos 12, Marcelo quase marcou o segundo. Ederson cruzou, e livre de marcação, Marcelo mandou nas mãos de Aranha. No minuto seguinte, o Santos respondeu. Leandrinho cobrou escanteio na área, Durval desviou a bola, mas Weverton fez boa defesa.

O time paulista melhorou no jogo, e desperdiçou boas chances de empatar. Primeiro com Cícero, aos 27 minutos. Thiago Ribeiro tocou para o meia, que finalizou forte, mas Weverton defendeu. Um minuto depois, Leandrinho cobrou mais um escanteio, Everton Costa cabeceou, mas o goleiro rubro-negro fez uma grande defesa.

O ditado 'Quem não faz, toma!', funcionou bem. Quando o Peixe dominava a partida, o Atlético ampliou. Aranha espalmou duas cabeçadas de Luis Alberto; na sequência, Marco Antonio não desperdiçou e fez seu primeiro gol com a camisa do Furacão.

Peixe pressiona, mas Furacão vence

Na segunda etapa, o Atlético voltou com uma postura mais defensiva, passando a explorar mais os contra-ataques, e aos seis minutos, Ederson quase fez o terceiro. Após lançamento de Paulo Baier, o atacante parou na boa defesa de Aranha.

Aos nove minutos, Léo cruzou na área e Thiago Ribeiro cabeceou, mas a bola foi por cima do gol. No minuto seguinte, o Furacão quase ampliou em um rápido contra-ataque. Ederson tocou para Marcelo, que chutou forte, mas para fora do gol.

Pressionando bastante, o Santos não conseguia transformar seu domínio em chances claras de gol. Nos minutos finais, o Peixe marcou. Aos 40 minutos, Cicinho fez grande jogada individual e cruzou para Thiago Ribeiro; o atacante parou na trave.

Aos 41 minutos, enfim as redes balançaram para o Santos. Emerson tabelou com Thiago Ribeiro e chutou cruzado. Atlético 2, Santos 1. Já nos acréscimos, a partida ficou ataque contra defesa, e o empate quase saiu. Aos 48, Everton Costa recebeu bom passe na área, girou e chutou forte, mas Weverton fez uma grande defesa. Embora pressionasse, já não havia mais tempo para o Santos. Fim de jogo, e vitória do Atlético.

Ficha do jogo:

Atlético-PR 2x1 Santos

ATLÉTICO-PR:
Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Willian Rocha (Deivid); João Paulo, Zezinho, Marco Antonio (Felipe) e Paulo Baier; Marcelo (Dellatorre) e Ederson
Técnico: Vagner Mancini

SANTOS:
Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Durval e Léo (Emerson); Alison, Alan Santos (Pedro Castro), Leandrinho (Giva), Cícero; Éverton Costa e Thiago Ribeiro
Técnico: Claudinei Oliveira

Gols: Marcelo, aos seis minutos e Marco Antonio aos 37 minutos do primeiro tempo (Atlético); Emerson, aos 41 minutos do segundo tempo (Santos)

Cartões amarelos: Felipe e Marcelo (Atlético); Thiago Ribeiro (Santos)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Thiago Gomes Brígido (CE) e José Javel Silveira (RS).

Local: Estádio Vila Capanema, em Curitiba (PR)
Data: 04/09/2013
Horário: 19h30

***

18ª rodada: 
Terça (3), às 19h30: 
Goiás 2x0 Grêmio 
Quarta (4), às 19h30: 
Flamengo 2x1 Vitória
Atlético-PR 2x1 Santos
21h: 
Portuguesa 2x1 Ponte Preta 
21h50: 
Atlético-MG 2x2 Fluminense 
Bahia 1x3 Cruzeiro 
Internacional 1x0 Corinthians 
Quinta (5), às 19h30: 
Botafogo x Coritiba 
21h: 
São Paulo x Criciúma 
Náutico x Vasco


Classificação:
1º - Cruzeiro - 37 pontos (18 jogos)
2º - Atlético-PR - 33 pontos (18 jogos)
3º - Grêmio - 31 pontos (18 jogos)
4º - Botafogo - 30 pontos (17 jogos)
5º - Corinthians - 29 pontos (18 jogos)
6º - Internacional - 27 pontos (17 jogos)
7º - Goiás - 26 pontos (18 jogos)
8º - Coritiba - 25 pontos (17 jogos)
9º - Bahia - 23 pontos (18 jogos)
10º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (18 jogos)
11º - Santos - 22 pontos, 5 vitórias e 5 gols de saldo (16 jogos)
12º - Flamengo - 22 pontos, 5 vitórias e -3 gols de saldo (18 jogos)
13º - Atlético-MG - 21 pontos (17 jogos)
14º - Criciúma - 20 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
15º - Vasco - 20 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
16º - Fluminense - 19 pontos e 5 vitórias (18 jogos)
17º - Portuguesa - 19 pontos e 4 vitórias (18 jogos)
18º - São Paulo - 18 pontos (17 jogos)
19º - Ponte Preta - 15 pontos (17 jogos)
20º - Náutico - 8 pontos (16 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário