quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Grande estreia

Hyuri faz dois gols em seu primeiro jogo e contribui para a vitória do Botafogo sobre o Coritiba

De Belo Horizonte
Por Júlia Alves

05/09/2013 - Em um jogo de craques como Alex e Seedorf, quem brilhou foi o garoto Hyuri. O estreante botafoguense fez dois gols, sendo o segundo uma pintura, e ajudou o Botafogo a conquistar a vitória sobre o Coritiba, em duelo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileirão, no Maracanã. A partida desta quinta-feira teve muitas faltas, o que não deixava a bola rolar. O confronto só ganhou movimentação quando o goleiro do time carioca, Renan, recebeu cartão vermelho, no segundo tempo. A expulsão só interferiu na dinâmica do jogo, o que não evitou a derrota do Coxa por 3 a 1.

Na próxima rodada, o Coritiba receberá o São Paulo no Couto Pereira, às 16 horas do domingo (8). Já o Botafogo enfrentará o Criciúma no Heriberto Hülse, às 18h30.


Seedorf abraça o garoto Hyuri, que marcou duas vezes em sua estreia.
(Foto: Vitor Silva/SSPress/Divulgação Botafogo)

O jogo

No primeiro tempo, a partida foi muito truncada, com poucas chances de gols e muitas faltas. Os dois times tinham dificuldade para sair da marcação e chegar até a meta adversária. Porém, o Botafogo aproveitou bem as duas oportunidades que teve para balançar as redes.

Aos 13 minutos, após falha de Victor Ferraz na saída de bola, Rafael Marques pegou a sobra de chute de Gabriel, e bateu de primeira, no canto esquerdo de Vanderlei. Rafael Marques também foi decisivo no segundo gol. Aos 39 minutos, o atacante foi lançado; livre dentro da área, com espaço, ele chegou até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Hyuri. Sem marcação, o estreante da noite cabeceou para baixo e ampliou a vantagem.

A melhor chance do Coritiba foi aos quatro minutos, em um erro botafoguense. Edílson recuou mal na zaga do Botafogo e Geraldo rouba a bola. O angolano invadiu a área, bateu cruzado e a bola passou perto da trave esquerda de Renan.

O segundo tempo começou mais movimentado. O time do sul quase diminuiu nos três minutos iniciais. Alex deu bom para Marquinhos no interior da área. O atacante bateu forte, mas o goleiro Renan fez a defesa.

Mas a noite era mesmo do garoto Hyuri. O atacante recebeu na entrada da área, deixou três jogadores do Coritiba na saudade, após uma meia lua e um giro, e bateu no canto para fazer o seu segundo gol na partida.

Cinco minutos depois, Gil recebeu livre na área e foi derrubado pelo goleiro Renan. Como falta dentro da área é pênalti, o juiz marcou a infração e ainda expulso o goleiro. Na cobrança, Alex bateu muito bem e converteu. Com um jogador a mais, o Coritiba melhorou. Aos 31 minutos, Alex cobrou falta na área do Botafogo e encontrou Chico. O zagueiro subiu mais que a marcação e cabeceou com perigo. A bola passou irando tinta da trave.

A equipe carioca passou a explorar os espaços deixados pelo Coxa e quase ampliou o placar. Octávio deu belo passe para Gabriel. O volante recebeu na corrida, dentro da área, e bateu em cima de Vanderlei.

Aos 39 minutos, o Coritiba perdeu um jogador. Maykon recebeu o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo. Com igualdade numérica, os dois times buscaram o ataque, mas o jogo terminou em 3 a 1 para o Glorioso.

Ficha do jogo:

Botafogo 3x1 Coritiba

BOTAFOGO:
Renan; Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Seedorf, Hyuri (Octávio), Rafael Marques; Elias (Milton Raphael).
Técnico: Oswaldo

CORITIBA:
Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro, Chico e Diogo; Willian, Gil (Lincoln), Vitor Júnior e Alex; Geraldo (Maykon), Julio César (Bill).
Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Rafael Marques, aos 13 minutos do primeiro tempo, Hyuri, aos 39 minutos do primeiro tempo e aos quatro minutos do segundo tempo (Botafogo); Alex, aos 12 minutos do segundo tempo (Coritiba)

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 05/09/2013

Árbitro: Fabrício Neves Corrêa (RS)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Edilson Frasão Pereira (TO)

Cartões amarelos: Gabriel, Hyuri e Seedorf (Botafogo); Luccas Claro, Gil, Julio Cesar, Maykon (Coritiba).

Cartão vermelho: Renan (Botafogo); Maykon (Coritiba)

***

18ª rodada: 
Terça (3), às 19h30: 
Goiás 2x0 Grêmio 
Quarta (4), às 19h30: 
Flamengo 2x1 Vitória
Atlético-PR 2x1 Santos
21h: 
Portuguesa 2x1 Ponte Preta 
21h50: 
Atlético-MG 2x2 Fluminense 
Bahia 1x3 Cruzeiro 
Internacional 1x0 Corinthians
Quinta (5), às 19h30: 
Botafogo 3x1 Coritiba
21h: 
São Paulo 1x2 Criciúma 
Náutico 0x3 Vasco


Classificação:
1º - Cruzeiro - 37 pontos (18 jogos)
2º - Atlético-PR - 33 pontos, 10 gols de saldo e 34 gols pró (18 jogos)
3º - Botafogo - 33 pontos, 10 gols de saldo e 30 gols pró (18 jogos)
4º - Grêmio - 31 pontos (18 jogos)
5º - Corinthians - 29 pontos (18 jogos)
6º - Internacional - 27 pontos (17 jogos)
7º - Goiás - 26 pontos (18 jogos)
8º - Coritiba - 25 pontos (18 jogos)
9º - Criciúma - 23 pontos e 7 vitórias (18 jogos)
10º - Vasco - 23 pontos, 6 vitórias e -3 gols de saldo (18 jogos)
11º - Bahia - 23 pontos, 6 vitórias e -5 gols de saldo (18 jogos)
12º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (18 jogos)
13º - Santos - 22 pontos, 5 vitórias e 5 gols de saldo (16 jogos)
14º - Flamengo - 22 pontos, 5 vitórias e -3 gols de saldo (18 jogos)
15º - Atlético-MG - 21 pontos (17 jogos)
16º - Fluminense - 19 pontos e 5 vitórias (18 jogos)
17º - Portuguesa - 19 pontos e 4 vitórias (18 jogos)
18º - São Paulo - 18 pontos (18 jogos)
19º - Ponte Preta - 15 pontos (17 jogos)
20º - Náutico - 8 pontos (17 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário