terça-feira, 3 de setembro de 2013

Ele de novo

Walter marca dois, Goiás interrompe sequência do Grêmio e se mantém firme na luta por um lugar entre os primeiros

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

03//09/2013 – Em boa fase no campeonato, Goiás e Grêmio se enfrentaram hoje em Goiânia, abrindo a 18ª rodada do Brasileirão. O Esmeraldino buscava se aproximar do G-4, enquanto o Tricolor gaúcho, vice-líder e em sequência de cinco vitórias, tentava encostar de vez no Cruzeiro, que lidera a competição. Jogando bem, o time goiano contou com dois gols do artilheiro Walter, não deu chance ao adversário, e garantiu a vitória por 2 a 0.

Desde os primeiros minutos, o Goiás dominou a partida e fez o primeiro aos 13 minutos, em grande vacilo do goleiro Dida, que comprovou que segue sem ser um craque com a bola nos pés. Depois do intervalo, os gaúchos mudaram a maneira de jogar, e apesar da melhora de rendimento, não conseguiram o empate, e pior: acabaram levando o segundo gol. O Esmeraldino foi melhor em todos os quesitos, dominou o jogo e mereceu a vitória.

Na próxima rodada, o embalado Goiás, agora sexto colocado com 26 pontos, terá o Santos pela frente, na Vila Belmiro, encerrando o primeiro turno do Brasileirão às 18h30 do sábado (7). Já o Grêmio encara a Portuguesa em Porto Alegre às 21h.

Walter fez dois na vitória do Goiás.
(Foto: Divulgação/Goiás Esporte Clube)

Com maior posse de bola, o Goiás não deixou o Grêmio jogar nos primeiros minutos. O Esmeraldino aproveitou as oportunidades e abriu o placar já aos 13 minutos, com Walter. Dida tentou sair jogando com os pés e acabou dando um passe para o artilheiro, que não desperdiçou. O Tricolor tentou se recuperar e, mais pressionado, até se movimentou melhor, mas sem marcar.

O Grêmio começou melhor no segundo tempo, e com a entrada de Zé Roberto, passou a jogar melhor, pressionando o Goiás. Entretanto, o Esmeraldino se saiu bem na pressão e conseguiu ampliar a vantagem com mais um gol de Walter, aos 25 minutos. Depois do segundo gol, os goianos se fecharam na defesa. Sem criatividade, o Tricolor não reagiu e acabou derrotado.

Ficha do jogo:

Goiás 2 x 0 Grêmio

GOIÁS:
Renan; Yuri, Ernando, Rodrigo (Valmir Lucas) e William Matheus; Amaral, Dudu Cearense (Thiago Mendes), David, Ramon e Renan Oliveira (Tartá); Walter.
Técnico:  Enderson Moreira.

GRÊMIO:
Dida; Werley, Gabriel (Maxi Rodríguez) e Bressan; Pará, Souza (Yuri Mamute), Matheus Biteco (Zé Roberto), Ramiro e Alex Telles; Kléber e Barcos.
 Técnico: Renato Gaúcho

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Marcus Vinícius Gomes (MG)

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 03/09/2013
Horário: 19h30

Gols: Walter, aos 13 minutos do primeiro tempo e aos 25 do segundo tempo

Cartões Amarelos: Rodrigo

***

18ª rodada: 
Terça (3), às 19h30: 
Goiás 2x0 Grêmio 
Quarta (4), às 19h30: 
Flamengo x Vitória 
Atlético-PR x Santos 
21h: 
Portuguesa x Ponte Preta 
21h50: 
Atlético-MG x Fluminense 
Bahia x Cruzeiro 
Internacional x Corinthians 
Quinta (5), às 19h30: 
Botafogo x Coritiba 
21h: 
São Paulo x Criciúma 
Náutico x Vasco


Classificação:
1º - Cruzeiro - 34 pontos (17 jogos)
2º - Grêmio - 31 pontos (18 jogos)
3º - Atlético-PR - 30 pontos e 9 gols de saldo (17 jogos)
4º - Botafogo - 30 pontos e 8 gols de saldo (17 jogos)
5º - Corinthians - 29 pontos (17 jogos)
6º - Goiás - 26 pontos (18 jogos)
7º - Coritiba - 25 pontos (17 jogos)
8º - Internacional - 24 pontos (16 jogos)
9º - Bahia - 23 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
10º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
11º - Santos - 22 pontos e 5 vitórias (15 jogos)
12º - Criciúma - 20 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
13º - Atlético-MG - 20 pontos, 5 vitórias e -4 gols de saldo (16 jogos)
14º - Vasco - 20 pontos, 5 vitórias e -6 gols de saldo (17 jogos)
15º - Flamengo - 19 pontos (17 jogos)
16º - Fluminense - 18 pontos e 5 vitórias (17 jogos)
17º - São Paulo - 18 pontos e 4 vitórias (17 jogos)
18º - Portuguesa - 16 pontos (17 jogos)
19º - Ponte Preta - 15 pontos (16 jogos)
20º - Náutico - 8 pontos (16 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário