domingo, 8 de setembro de 2013

De volta ao caminho

Palmeiras bate Atlético Goianiense com certa facilidade, e volta a vencer depois de quatro partidas.

De Aracaju.

Por Henrique Ferrera.

08/09/2013 - O Palmeiras ainda sobrava na Série B, mas uma sequência de resultados adversos criou uma certa desconfiança na torcida. E o técnico Gilson Kleina foi a Itumbiara disposto a acabar com essa sequência ruim, escalando três ataques para pressionar o Atlético Goianiense. E deu certo: o Palmeiras saiu vencedor por 3 a 1.


Primeiro tempo

Os três atacantes de Kleina pareciam em casa - e até era, pois a torcida palmeirense era maioria -, e foram para a pressão desde o início, acuando o Dragão goiano. Precisando da vitória para sair da parte de baixo da tabela, o Atlético mal pegava na bola e via o Palmeiras o engolir.

Aos 12, finalmente funcionou: Wesley, jogando sob efeito suspensivo, cobrou escanteio, e Alan Kardec, completamente livre, testou com força para o fundo do gol. No ataque seguinte, Roberto bateu roupa em chute de Luís Felipe, e no rebote Alan Kardec foi derrubado por Artur. Pênalti cobrado pelo próprio Kardec, na rede. 2 a 0.

PC Gusmão foi obrigado a mudar o time, sacando Régis, deslocando Ernandes para o meio e colocando John Lennon na lateral. Mas assim mesmo, o Atlético Goianiense só conseguiu assustar o Palmeiras após uma cabeçada de Ednei em bola parada.

Segundo tempo

O Atlético Goianiense voltou com mais duas alterações, indo para o tudo ou nada. Jorginho e Thiago Rômulo substituíram Marino e Bida, e começou melhor, fazendo Fernando Prass trabalhar. Adriano Michael Jackson teve duas chances para marcar, mas o goleiro palmeirense foi perfeito ao defender as duas tentativas.

O Dragão trabalhava melhor suas jogadas e parecia que podia dar trabalho, até que uma das torres de refletores do estádio Juscelino Kubitschek apagou. O jogo foi parado rapidamente, mas o goleiro Fernando Prass, o goleiro do lado prejudicado pela iluminação, aceitou continuar. No retorno ao jogo, os dois times aceleraram a partida em busca do gol.

Mas quem chegou ao objetivo foi o Palmeiras. Aos 33, Alan Kardec deu belo passe por elevação para Charles, que escorou de cabeça para Leandro. O atacante chapelou Ednei e tocou por baixo de Roberto, fazendo um golaço, e praticamente matando o jogo.

O Palmeiras recuou e permitiu aos anfitriões que marcassem seu gol de honra. Aos 38, Jorginho foi ao fundo e cruzou para Ricardo Jesus, que vinha em velocidade de trás e completou para o jogo. Ainda foi ensaiada uma pressão, mas Fernando Prass evitou qualquer tipo de problema.

Quem brilhou? Alan Kardec mostrou faro de artilheiro e precisou de 15 minutos para deixar o Palmeiras em boa vantagem.

Quem atrapalhou? A queda de energia no estádio de Itumbiara poderia ter atrapalhado o andamento da partida, se não fosse o goleiro Fernando Prass.

Próximos jogos. Os times voltam à campo na terça: em Joinville, o time da casa recebe o Atlético; e o Palmeiras volta ao Pacaembu, para receber o ASA.

Ficha do jogo

Atlético Goianiense 1x3 Palmeiras

ATLÉTICO GOIANIENSE:
Roberto, Rafael Cruz, Artur, Ednei e Ernandes; Dodó, Régis (John Lennon) e Marino (Jorginho); Bida (Thiago Rômulo); Adriano Michael Jackson e Ricardo Jesus.
Técnico: PC Gusmão

PALMEIRAS:
Fernando Prass, Wendel (Léo Gago), Tiago Alves, Vilson e Luís Felipe; Márcio Araújo e Wesley; Felipe Menezes (Charles); Vinícius (Serginho), Leandro e Alan Kardec.
Técnico: Gilson Kleina

Data: 08/09/2013
Horário: 18h15
Local: Estádio JK, em Itumbiara (GO)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Marrubson Melo Freitas (DF) e Rener Santos de Carvalho (AC)

Gols: Ricardo Jesus, aos 38'/2ºT (Atlético Goianiense); Alan Kardec, aos 12'/1ºT e aos 15'/1ºT, e Leandro, aos 33'/2ºT (Palmeiras).
Cartões amarelos: Artur (Atlético Goianiense); Tiago Alves (Palmeiras)

***

20ª rodada (1ª do 2º turno): 
Sexta-feira (6), às 19h30: 
Ceará 4x2 São Caetano
Avaí 2x2 Oeste
América-RN 2x0 Figueirense
21h50: 
ASA 1x1 Paysandu
Sábado (7), às 18h15: 
Atlético-GO 1x3 Palmeiras
21h: 
Sport 0x2 Icasa

Classificação:
1º - Palmeiras - 45 pontos
2º - Chapecoense - 43 pontos 
3º - Paraná - 39 pontos
4º - Joinville - 34 pontos 
5º - Sport - 31 pontos, 10 vitórias e 0 gol de saldo
6º - Icasa - 31 pontos, 10 vitórias e -6 gols de saldo
7º - Avaí - 31 pontos, 8 vitórias e 4 gols de saldo
8º - Boa Esporte - 31 pontos, 8 vitórias e -1 gol de saldo
9º - América-MG - 30 pontos
10º - Figueirense - 29 pontos
11º - Bragantino - 26 pontos e 7 vitórias
12º - Ceará - 26 pontos e 6 vitórias
13º - ASA - 23 pontos e 7 vitórias
14º - Oeste - 23 pontos e 6 vitórias
15º - Guaratinguetá - 21 pontos e 6 vitórias
16º - América-RN - 21 pontos e 5 vitórias
17º - Atlético-GO - 20 pontos e 6 vitórias
18º - Paysandu - 20 pontos e 5 vitórias 
19º - São Caetano - 19 pontos 
20º - ABC - 14 pontos

0 comentários :

Postar um comentário