domingo, 29 de setembro de 2013

Chuva de gols e surpresa

Em jogo de oito gols, Vitória bate Atlético-PR em Curitiba e sobe na tabela. Furacão perde chance de virar vice-líder

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

29/09/2013 - Muito bem no Campeonato Brasileiro, o Atlético-PR, até então invicto na Vila Capanema, recebeu o embalado Vitória, sem derrotas sob o comando de Ney Franco. Melhor para os baianos, que venceram por 5 a 3. O Vitória abriu 3 a 0 no primeiro tempo, cedeu o empate na segunda etapa, mas no final, marcou mais dois gols e confirmou o triunfo. Com 34 pontos, o Leão é agora o sexto colocado, e a sete pontos do quarto colocado, o próprio Atlético-PR, que perdeu a oportunidade de virar vice-líder, já que o Botafogo perdeu no sábado (28).

Na próxima rodada, o Furacão volta a campo na quarta-feira (2), às 19h30, contra o Grêmio, terceiro colocado, na Arena, em Porto Alegre. Duelo fundamental na briga pelo G-4. No mesmo dia, mas às 21h, o Vitória enfrenta o Goiás, no Barradão.

Foto: Gustavo Oliveira/Site Oficial do Atlético

O jogo

A partida foi movimentada desde o primeiro minuto, mas com o Vitória mais organizado em campo. A primeira boa chance foi do Furacão. Aos 11 minutos, Éverton cruzou para Ederson, que de frente para o gol, furou na hora do chute. Aos 17 minutos, Renato Cajá chutou para o gol, e Weverton espalmou nos pés do meia, que não desperdiçou na segunda vez.

O Vitória quase ampliou dois minutos depois. Marquinhos recebeu bom cruzamento e chutou, mas o goleiro adversário fez boa defesa. Aos 29, saiu o segundo gol dos baianos. Ayrton cobrou falta da intermediária, a bola desviou no lateral Jonas, e foi para o fundo do gol. Minutos depois, Jonas foi substituído para entrada do atacante Roger.

Aos 36, o baixinho Ederson tentou de cabeça, mas mandou para fora. Enquanto isso, aos 43 minutos, o Vitória marcou o terceiro gol. Em rápido contra-ataque, Dinei avançou, cortou o zagueiro e chutou no canto para marcar um belo gol.

Na segunda etapa, o jogo poderia ser decidido no primeiro minuto, mas o Vitória desperdiçou. Marquinhos saiu cara a cara com Weverton, mas chutou em cima do goleiro, desperdiçando a chance de fazer o quarto gol. Aos poucos, o Atlético foi aumentando sua pressão, e a partida ficando de ataque contra defesa.

Em 12 minutos, o Furacão empatou. Aos 11, Roger cruzou bem para Ederson, que fez o primeiro. Aos 17, o artilheiro do Brasileirão marcou seu 15° gol após ficar com a sobra e chutar da entrada da área. A bola ainda teve um desvio da zaga. E aos 23 minutos, João Paulo cobrou escanteio e Roger subiu mais alto para mandou para as redes. Atlético 3, Vitória também 3.

Uma virada histórica quase saiu aos 28 minutos. Após bate e rebate na área, Manoel chutou forte, mas por cima do gol. De tanto atacar, o Furacão cedia espaços na defesa, e o Rubro-negro baiano aproveitou. Aos 37 minutos, Marquinhos tocou para Willian Henrique, que chutou cruzado para deixar o Vitória na frente. Três minutos depois, o quinto gol do Vitória. Willian Henrique fez boa jogada, e cruzou para Ayrton, que de primeira, fez o segundo dele no jogo e sacramentou a vitória do time visitante.

Ficha do jogo:

Atlético-PR 3x5 Vitória

ATLÉTICO-PR:
Weverton; Jonas (Roger), Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho (Zezinho); Deivid, João Paulo, Paulo Baier e Everton (Dellatorre), Marcelo e Ederson.
Técnico: Vagner Mancini

VITÓRIA:
Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Elizeu, Marquinhos, Luiz Gustavo (William) e Renato Cajá (Alemão); Dinei e Escudero.
Técnico: Ney Franco

Gols: Atlético: Ederson, aos 11 e aos 17, e Roger, aos 23 minutos do segundo tempo. Vitória: Renato Cajá, aos 17; Ayrton, aos 29, Dinei, aos 43 minutos do primeiro tempo; William, aos 37, e Ayrton, aos 41 minutos do segundo tempo (Vitória)

Cartões amarelos: Marcelo, Manoel, Roger (Atlético Paranaense); Victor Ramos, Elizeu (Vitória)

Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Marcio Eustaquio Santiago (SC) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC)

Local: Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR)
Data: 29/09/2013
Horário: 18h30

***

24ª rodada: 
Sábado (28), às 18h30: 
Goiás 1x2 Fluminense
21h: 
Domingo (29), às 16h: 
São Paulo 0x1 Grêmio
Flamengo 4x1 Criciúma
18h30: 
Atlético-PR 3x5 Vitória

Classificação:
1º - Cruzeiro - 53 pontos (24 jogos)
2º - Grêmio - 42 pontos e 9 gols de saldo (24 jogos)
3º - Botafogo - 42 pontos e 8 gols de saldo (24 jogos)
4º - Atlético-PR - 41 pontos (24 jogos)
5º - Atlético-MG - 35 pontos (24 jogos)
6º - Vitória - 34 pontos e 9 vitórias (24 jogos)
7º - Internacional - 34 pontos e 8 vitórias (24 jogos)
8º - Fluminense - 33 pontos e 9 vitórias (24 jogos)
9º - Santos - 33 pontos, 8 vitórias e 4 gols de saldo (24 jogos)
10º - Goiás - 33 pontos, 8 vitórias e -3 gols de saldo (24 jogos)
11º - Bahia - 32 pontos (24 jogos)
12º - Portuguesa - 31 pontos e 8 vitórias (24 jogos)
13º - Corinthians - 31 pontos, 7 vitórias e 3 gols de saldo (24 jogos)
14º - Coritiba - 31 pontos, 7 vitórias e -3 gols de saldo (24 jogos)
15º - Flamengo - 30 pontos (24 jogos)
16º - São Paulo - 27 pontos (24 jogos)
17º - Criciúma - 25 pontos e 7 vitórias (25 jogos)
18º - Vasco - 25 pontos e 6 vitórias (24 jogos)
19º - Ponte Preta - 22 pontos (23 jogos)
20º - Náutico - 14 pontos (24 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário