domingo, 29 de setembro de 2013

Cada vez mais perto

Cruzeiro derrota Internacional em Novo Hamburgo e aumenta sua vantagem na liderança para 11 pontos

De Belo Horizonte.
Por Júlia Alves.

29/09/2013 - O Cruzeiro foi até Novo Hamburgo em busca de mais três pontos para ampliar sua vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. Já o Internacional precisava vencer o líder para superar a sequência ruim de resultados e se aproximar dos times que se encontram no G-4. No entanto, a equipe mineira mostrou sua força jogando também fora de casa e venceu, por 2 a 1, o jogo válido pela 24ª rodada, no Estádio do Vale. O Inter completa a sua terceira derrota seguida (segunda em casa), segue estacionado nos 34 pontos e caiu para a sétima colocação. A Raposa é cada vez mais líder e atinge 53 pontos, 11 a mais que o novo segundo colocado, o Grêmio.

Na próxima rodada, o Cruzeiro receberá a Portuguesa na quarta-feira (2), às 19h30, no Mineirão. O Internacional jogará na quinta-feira (2), contra o Vasco, às 21h, no Estádio Moacyrzão, em Macaé.

Foto: Cruzeiro/Divulgação

O jogo

A partida no Estádio do Vale começou quente. Aos quatro minutos, Egídio cobrou falta da ponta direita. O volante Nilton subiu mais que a zaga para cabecear livre no canto direito do gol de Muriel e abrir o placar para o Cruzeiro. Nem deu tempo para a torcida cruzeirense comemorar. Um minuto depois, já havia igualdade no placar novamente. O cruzamento de Kléber pela esquerda sobrou para Otávio, que chutou. A bola desviou em Nilton e foi no canto esquerdo de Fábio.

O clima do jogo não esfriava. Aos oito minutos, Éverton Ribeiro recebeu na direita, encontrou espaço na marcação e arriscou o chute que passou à direita do gol de Muriel. O Internacional respondeu, quatro minutos depois, após uma falha de Nilton, que tropeçou na defesa e perdeu a bola. Otávio recuperou e cruzou para a grande área. Jorge Henrique recebeu e chutou por cima do gol de Fábio.

Os dois times jogavam abertos e muitas chances eram criadas. No entanto, faltava capricho nos últimos passes. A equipe mineira insistia nos passes longos, o que beneficiava a defesa do Internacional, que tinha facilidade para se recompor. O Colorado, por sua vez, esbarrava na zaga cruzeirense, que levava a melhor dentro da área. Assim, os jogadores foram para o intervalo com 1 a 1 no marcador.

No segundo tempo, o time da casa começou pressionando. Os jogadores do Inter trocavam passes na entrada da área celeste à procura de espaço, porém, quando a equipe visitante recuperou a posse de bola, foi ao ataque e não desperdiçou. Depois uma boa troca de passes, Willian recebeu na entrada da área, aos sete minutos, encontrou espaço entre a zaga e o goleiro e chutou colocado para colocar o Cruzeiro novamente em vantagem.

O Internacional sentiu o gol e se deixou dominar na partida. O Cruzeiro valorizava a posse de bola e era seguro na defesa, sem tomar sufoco de seu adversário. Aos 16 minutos, Dagoberto avançou até a entrada da área e arriscou o chute, mas a bola passou à direita do gol. Cinco minutos depois, o Inter perdeu uma chance. Leandro Damião, que estava no banco, foi lançado na grande área, mas furou. O atacante ainda ficou com a bola, tentou uma lambreta, só que Bruno Rodrigo recuperou. Em seguida, o Colorado chegou pela direita e arriscou chute com Caio. Fábio foi no canto esquerdo e salvou o time celeste.

No fim, a partida ficou aberta e o volume de jogo aumentou. Aos 30 minutos, quase gol contra do Internacional. Mayke avançou pela direita e cruzou para a grande área. O zagueiro Juan tentou o corte, mas mandou em direção ao próprio gol. Muriel, atento, foi no ângulo e salvou. Três minutos adiante, Leandro Damião perde grande oportunidade. Alex recebeu na esquerda e cruzou. A bola foi na segunda trave. Damião ganhou de Fábio na disputa pelo alto e cabeceou por cima do gol. Aos 45 minutos, por muito pouco, o Cruzeiro não liquidou o jogo. Tinga lançou Mayke na direita, o lateral partiu com velocidade, invadiu a grande área e bateu rasteiro. A bola passou tirando tinta da trave direita.

Ficha do jogo:

Internacional 1 x 2 Cruzeiro

INTERNACIONAL:
Muriel; Gabriel, Ronaldo Alves, Juan e Kléber (Fabrício); Willians, Josimar (Leandro Damião), Alan Patrick (Alex) e Otávio; Jorge Henrique.
Técnico: Dunga

CRUZEIRO:
Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio (Mayke); Nilton, Henrique, Éverton Ribeiro (Tinga)  e Dagoberto (Alisson); Willian e Borges.
Técnico: Marcelo Oliveira

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Data: 29/09/2013

Gols: Internacional: Otávio, aos cinco minutos do primeiro tempo. Cruzeiro: Nilton, aos quatro minutos do primeiro tempo, e Willian, aos sete minutos do segundo tempo

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Carlos Berkenbrock (SC)

Cartões amarelos: Josimar e Caio (Internacional); Egídio, Dagoberto e Alisson (Cruzeiro)

***

24ª rodada: 

Sábado (28), às 18h30: 
Goiás 1x2 Fluminense
Náutico 3x0 Coritiba
21h: 
Botafogo 0x1 Ponte Preta
Domingo (29), às 16h: 
São Paulo 0x1 Grêmio
Bahia 0x0 Vasco
Portuguesa 4x0 Corinthians
Flamengo 4x1 Criciúma
18h30: 
Internacional 1x2 Cruzeiro
Atlético-MG 3x1 Santos
Atlético-PR 3x5 Vitória

Classificação:
1º - Cruzeiro - 53 pontos (24 jogos)
2º - Grêmio - 42 pontos e 9 gols de saldo (24 jogos)
3º - Botafogo - 42 pontos e 8 gols de saldo (24 jogos)
4º - Atlético-PR - 41 pontos (24 jogos)
5º - Atlético-MG - 35 pontos (24 jogos)
6º - Vitória - 34 pontos e 9 vitórias (24 jogos)
7º - Internacional - 34 pontos e 8 vitórias (24 jogos)
8º - Fluminense - 33 pontos e 9 vitórias (24 jogos)
9º - Santos - 33 pontos, 8 vitórias e 4 gols de saldo (24 jogos)
10º - Goiás - 33 pontos, 8 vitórias e -3 gols de saldo (24 jogos)
11º - Bahia - 32 pontos (24 jogos)
12º - Portuguesa - 31 pontos e 8 vitórias (24 jogos)
13º - Corinthians - 31 pontos, 7 vitórias e 3 gols de saldo (24 jogos)
14º - Coritiba - 31 pontos, 7 vitórias e -3 gols de saldo (24 jogos)
15º - Flamengo - 30 pontos (24 jogos)
16º - São Paulo - 27 pontos (24 jogos)
17º - Criciúma - 25 pontos e 7 vitórias (25 jogos)
18º - Vasco - 25 pontos e 6 vitórias (24 jogos)
19º - Ponte Preta - 22 pontos (23 jogos)
20º - Náutico - 14 pontos (24 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário