domingo, 25 de agosto de 2013

Gringo salvador

Com gol de Dátolo no fim da partida, Galo vence a Lusa e abre distância da zona de rebaixamento no Brasileirão

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

25/08/2013 - Depois de muita pressão e um gol no fim da partida, o Atlético Mineiro derrotou a Portuguesa, em Belo Horizonte, por 2 a 1, e se distanciou da incômoda zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Os gols do jogo da tarde deste domingo foram de Diego Tardelli e Dátolo, para o Galo, após Bruno Henrique abrir o placar para a Lusa na etapa inicial. O alvinegro jogou novamente sem repetir a mesma escalação do último jogo. Victor, Ronaldinho e Fernandinho estavam suspensos, enquanto Pierre foi poupado por lesão. A melhora do time veio na etapa complementar, com destaque para a atuação do recém-chegado argentino, que não marcava um gol desde maio do ano passado, quando ainda jogava pelo Internacional.

 Dátolo e sua perna esquerda. O arremate resultou no gol da vitória atleticana diante da Lusa.
(Foto: Bruno Cantini/Flickr oficial do Clube Atlético Mineiro)

Com o resultado, o Atlético chega à 12ª posição, com 19 pontos e um jogo a menos, que será cumprido no próximo dia 10, contra a Ponte Preta, também no Independência. A Lusa amarga a penúltima posição no campeonato, com apenas 13 pontos.

Na próxima rodada, ambos os times jogam no mesmo dia e horário. O Galo viaja até Goiânia para encarar o Goiás, no sábado (31), às 18h30. A Portuguesa recebe o Bahia, no Canindé. Antes, as duas equipes têm compromissos pelas oitavas da Copa do Brasil e pela segunda fase da Sul-Americana. O Atlético encara o Botafogo, na quarta-feira (28), às 19h30, precisando reverter desvantagem e 4 a 2; e a Lusa vai ate a Fonte Nova bater de frente com o Bahia, também na quarta, só que às 21h50. No primeiro duelo, no Canindé, deu Bahia: 2 a 1.

Portuguesa assusta na etapa inicial

O Atlético começou melhor, imprimindo aquela pressão inicial comum da equipe comandada pelo técnico Cuca. Porém, a Portuguesa estava bem concentrada, e com uma proposta de jogo engatilhada para surpreender os mineiros. A Lusa vinha com a estratégia do contra-ataque, e que foi muito bem executada durante a partida.

Aos 35 minutos, em um dos muitos erros cometidos pelo Atlético, a Lusa fez seu primeiro gol. Moisés pegou a bola no meio-campo e partiu em velocidade; driblou Leonardo Silva e caminhou para a grande área, onde encontrou Bruno Henrique. O volante recebeu e apenas escorou para as redes de Giovanni. Antes disso, a Lusa já havia chegado duas vezes com perigo, também em contragolpes.

Tardelli e Dátolo dão a vitória para o Galo

Cuca voltou para o segundo tempo colocando o time atleticano mais ousado. Tirou Rosinei, que não rendeu bem, e entrou com Dátolo, que deu uma dinâmica melhor ao time, tanto na defesa quanto no ataque. O posicionamento do Galo deu certo e veio o gol do empate. Aos nove minutos, Luan recebeu de Guilherme e chutou na diagonal; Diego Tardelli, em posição duvidosa, apenas escorou para o gol, empatando a partida.

O Atlético pressionou durante toda a segunda etapa. A Portuguesa, do técnico Guto Ferreira, não repetiu o eficiente jogo do primeiro tempo, a se detalhar também os espaços na defesa atleticana, que não foram aproveitados. O preço que a Lusa pagou foi caro. Jô fez grande pela direita, e cruzou na segunda trave encontrando Dátolo, que arrematou forte e virou a partida, marcando seu primeiro gol com a camisa do Galo, e dando a vitória ao time mineiro.

Ficha do jogo

Atlético-MG 2 x 1 Portuguesa

ATLÉTICO-MG
Giovanni, Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Júnior César (Alecsandro); Josué (Michel), Rosinei (Dátolo), Guilherme, Luan e Diego Tardelli; Jô. 
Técnico: Cuca

PORTUGUESA
 Lauro, Luis Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Ferdinando, Bruno Henrique, Souza (Carlos Alberto) e Moisés; Diogo e Gilberto (Bergson).
Técnico: Guto Ferreira 
 
 

Motivo: 16ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 25/08/2013
Público: 8.555 pagantes
Renda: R$258.960,00

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS) 
Assistentes: Alessandro A. Rocha de Matos (BA) e Moisés Aparecido de Souza (PR)

Cartões amarelos: Réver, Luan, Leonardo Silva e Júnior César (Atlético-MG); Gilberto e Bruno Henrique (Portuguesa) 

Gols: Bruno Henrique, aos 35 minutos do primeiro tempo; Diego Tardelli, aos nove, e Dátolo, aos 43 minutos do segundo tempo


***

16ª rodada: 
Sábado (24), às 18h30: 
Ponte Preta 0x2 Cruzeiro
21h: 
Domingo (25), às 16h: 
18h30: 
Atlético-PR 2x0 Botafogo

Classificação:
1º - Cruzeiro - 31 pontos (16 jogos) 
2º - Botafogo - 29 pontos (16 jogos)
3º - Grêmio - 28 pontos (16 jogos) 
4º - Atlético-PR - 27 pontos (16 jogos)
5º - Corinthians - 26 pontos (16 jogos)
6º - Coritiba - 24 pontos (16 jogos)
7º - Bahia - 23 pontos e 6 vitórias (16 jogos)
8º - Internacional - 23 pontos e 5 vitórias (15 jogos)
9º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (16 jogos)
10º - Goiás - 22 pontos e 5 vitórias (16 jogos)
11º - Vasco - 20 pontos (16 jogos)
12º - Atlético-MG - 19 pontos e 5 vitórias (15 jogos)
13º - Santos - 19 pontos, 4 vitórias e 4 gols de saldo (14 jogos)
14º - Flamengo - 19 pontos, 4 vitórias e 0 gol de saldo (16 jogos)
15º - Fluminense - 18 pontos (16 jogos)
16º - Criciúma - 17 pontos (16 jogos)
17º - Ponte Preta - 15 pontos (15 jogos)
18º - São Paulo - 14 pontos (15 jogos) 
19º - Portuguesa - 13 pontos (16 jogos)
20º - Náutico - 8 pontos (14 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário