sábado, 31 de agosto de 2013

Virou final

Brasil não encontra dificuldades contra reservas da Sérvia e decide amanhã o título do Grand Prix contra a China

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

31/08/13 – Perto do título do Grand Prix, a seleção brasileira feminina de vôlei tinha hoje o que poderia ser um grande desafio, pois enfrentaria as atuais campeãs europeias, a Sérvia. Mas, sem chances de título, o treinador Terzic decidiu poupar suas titulares e acabou facilitando a vida das brasileiras, que venceram por 3 sets a 0, com parciais de 27/25, 25/21 e 25/22. Com o resultado, o Brasil, líder da fase final com quatro vitórias por 3 a 0, decidirá o título amanhã contra a China. 

Com uma equipe muito forte e cheia de jogadoras extremamente talentosas, a Sérvia tinha tudo para conseguir dar trabalho para a seleção brasileira. Não foi o que aconteceu. Sem Brakocevic e Mijáilovich no jogo, as atacantes sérvias foram facilmente marcadas pelo Brasil, que com Sheilla em um excelente dia, não deu chances e fechou a partida com tranquilidade. Com 19 pontos, Sheilla foi a principal pontuadora da partida, assim como Ana Bjelica. Com 14, a jovem Gabi fez mais uma boa partida, assim como Fernanda Garay, que fez 13.

Com esse resultado, o Brasil fica muito perto do título do Grand Prix 2013. Na próxima madrugada, às 3h30 (de Brasília), enfrenta a China em confronto direto. As chinesas venceram o Japão por 3 sets a 2 no jogo que fechou o penúltimo dia do torneio e é a segunda colocada, com 10 pontos. O Brasil lidera, com 12. Dessa maneira, até uma derrota por 3 sets a 2 dá o título para o Brasil. A Sérvia se despede do campeonato diante da Itália, que venceu os EUA hoje por 3 a 2, a partir da 1h30 deste domingo.

Foto: FIVB/Divulgação

A Sérvia fez jogo duro no primeiro set, não deixou o Brasil abrir muita vantagem e acabou dificultando a vida das brasileiras. No final da parcial, o bloqueio da seleção brasileira, que vem fazendo a diferença nesta fase final, funcionou, e o time de amarelo conseguiu fechar em 27 a 25. 

O bloqueio seguiu bem na segunda parcial, tanto que o Brasil já abriu vantagem no início e não deixou as sérvias correrem atrás do prejuízo. Com a pontaria de Fernanda Garay e Gabi calibrada, as brasileiras não tiveram dificuldades: 25 a 21, e nada de uma reação das europeias.

Já na última parcial, a Sérvia acordou para alguns fundamentos. A central Stefana Veljkovic foi muito bem no bloqueio e o saque das europeias melhorou. Mas o Brasil não caiu de rendimento, aproveitou as chances que teve e fechou o jogo em 3 sets a 0, vencendo o último por 25 a 22.

Ficha do jogo:

Brasil 3 x 0 Sérvia
27/25, 25/21 e 25/22

BRASIL:
Começaram: Dani Lins (3 pontos), Sheilla (19), Fernanda Garay (13), Gabi (14), Fabiana (5) e Thaisa (10). Líbero: Fabi.
Entraram: Michelle (0), Monique (0) e Juciely (1).
Técnico: José Roberto Guimarães

SÉRVIA:
Começaram: Zivkovic (3), Bjelica (19), Nikolic (5), Malesevic (5), Veljkovic (9) e Ninković (13). Líbero: Majstorović.
Entrou: Molnar (0).
Técnico: Zoran Terzic

Local: Hokkaido Prefectural Sports Center, em Sapporo (JPN).
Público: 3.700

Arbitragem: Waleed El Kheshen (EGI) e Susana Rodriguez (ESP)

0 comentários :

Postar um comentário