domingo, 25 de agosto de 2013

Tudo igual

Corinthians é melhor na primeira etapa, Vasco domina a segunda, e partida termina empatada no Mané Garrincha

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

25/08/2013 - Jogando em Brasília, o Vasco recebeu o Corinthians no moderno Mané Garrincha. Com o objetivo de subir na tabela, o time carioca precisava da vitória. Já os paulistas queriam se aproximar dos líderes e seguir no G-4. No fim, o resultado não foi bom para ninguém. Pior para o Timão, que com 26 pontos, caiu para a quinta posição, perdendo a vaga no grupo dos quatro primeiros para o Atlético-PR. O Vasco chegou aos 20 pontos, e se manteve na 11ª posição.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o líder Cruzeiro, no Mineirão. O Corinthians encara mais um time carioca, o Flamengo, no Pacaembu. Os dois jogos serão no domingo (31). Mas antes, no meio da semana, os times terão os jogos de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Vasco, em vantagem de 2 a 0, recebe o Nacional-AM, e o Corinthians enfrenta o Luverdense, precisando reverter desvantagem de 1 a 0.

Juninho, quase caído, fez a assistência para o gol de André.
(Foto: Marcelo Sadio/Vasco.com.br)

O jogo

Na primeira chance de gol, as redes balançaram no Mané Garrincha. Logo aos três minutos, Edenilson cruzou da direita, Douglas não alcançou, mas Guerrero, bem posicionado, chutou forte para o gol. O Corinthians manteve o bom ritmo, e teve mais oportunidades de ampliar no primeiro tempo.

Aos nove minutos, em mais uma jogada lateral, Guerrero cruzou para Douglas, e o meia acertou o travessão de Diogo Silva. O Vasco só ameaçou aos 22 minutos. Juninho arriscou de fora da área, Cássio espalmou, e André não aproveitou o rebote do goleiro.

No segundo tempo, os papéis se inverteram. O time carioca passou a ter um posicionamento mais ofensivo, enquanto o Corinthians recuava. O empate quase saiu aos sete minutos. Willie foi lançado, percebeu que Cássio estava adiantado e chutou por cobertura, mas a bola foi por cima gol. Dois minutos depois, o Vasco empatou.

Aos nove, Juninho tocou na medida para André, que com categoria chutou para o gol. Tudo igual no Mané Garrincha. O time cruz-maltino seguiu bem jogo, e quase virou aos 13 minutos. Marlone chutou de fora da área, e a bola passou bem perto do gol.

Já aos 47 minutos, Pato quase colocou o Timão à frente. Em cobrança de falta, o atacante chutou colocado, mas Diogo Silva fez uma grande defesa.

Lamentável

O único destaque negativo do jogo foi a briga na arquibancada. No intervalo, vários "torcedores" entraram em conflito nas cadeiras do Mané Garrincha. Os policiais tiveram que intervir com spray de pimenta para conter os mais exaltados. As duas torcidas já possuem um histórico de grandes conflitos.

Ficha do jogo:

Vasco 1x1 Corinthians

VASCO:
Diogo Silva; Fagner, Cris, Rafael Vaz e Yotún; Abuda, Wendel (Willie), Pedro Ken e Juninho; Marlone (Edmílson) e André (Tenorio).
Técnico: Dorival Junior

CORINTHIANS:
Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Ibson, Douglas e Danilo (Romarinho); Emerson (Alexandre Pato) e Guerrero (Alessandro).
Técnico: Tite

Gols: Corinthians: Guerrero, aos três minutos do primeiro tempo. Vasco: André, aos nove minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Abuda, Fagner, Pedro Ken (Vasco); Danilo, Ibson, Paulo André, Guerrero, Ralf (Corinthians)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Marcelo Bertanha Barison (RS)

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 25/08/2013
Horário: 16h

***

16ª rodada: 
Sábado (24), às 18h30: 
Ponte Preta 0x2 Cruzeiro
21h: 
Domingo (25), às 16h: 
18h30: 
Atlético-PR 2x0 Botafogo

Classificação:
1º - Cruzeiro - 31 pontos (16 jogos) 
2º - Botafogo - 29 pontos (16 jogos)
3º - Grêmio - 28 pontos (16 jogos) 
4º - Atlético-PR - 27 pontos (16 jogos)
5º - Corinthians - 26 pontos (16 jogos)
6º - Coritiba - 24 pontos (16 jogos)
7º - Bahia - 23 pontos e 6 vitórias (16 jogos)
8º - Internacional - 23 pontos e 5 vitórias (15 jogos)
9º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (16 jogos)
10º - Goiás - 22 pontos e 5 vitórias (16 jogos)
11º - Vasco - 20 pontos (16 jogos)
12º - Atlético-MG - 19 pontos e 5 vitórias (15 jogos)
13º - Santos - 19 pontos, 4 vitórias e 4 gols de saldo (14 jogos)
14º - Flamengo - 19 pontos, 4 vitórias e 0 gol de saldo (16 jogos)
15º - Fluminense - 18 pontos (16 jogos)
16º - Criciúma - 17 pontos (16 jogos)
17º - Ponte Preta - 15 pontos (15 jogos)
18º - São Paulo - 14 pontos (15 jogos) 
19º - Portuguesa - 13 pontos (16 jogos)
20º - Náutico - 8 pontos (14 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário