sábado, 31 de agosto de 2013

Sem estrela

Brasil começa caminhada na Copa América de basquete com derrota para Porto Rico, em jogo decidido no último quarto

De Aracaju.

Por Henrique Ferrera.

31/08/2013 - A seleção brasileira de basquetebol não começou a Copa América do jeito que gostaria. No confronto com Porto Rico, nesta sexta (30), mesmo sem suas principais estrelas, a seleção equilibrou o jogo, mas sentiu falta de alguém para decidir, e deixou escapar nos últimos instantes a vitória, perdendo por 72 a 65, em Caracas (VEN). 


Rafael Hettsheimer tenta jogada contra Balkman, nome do jogo. 
(Foto: Marcelo Figuera/Fiba Americas)
No primeiro quarto, o Brasil parecia perdido sem cinco dos seus grandes jogadores (Leandrinho, Nenê, Anderson Varejão, Lucas Bebê e Vítor Faverani) e dava espaço para Porto Rico. Os caribenhos se mantiveram na frente o tempo todo e fecharam o período vencendo por 15 a 12.

Rúben Magnano pediu a Marcelinho Huertas que fosse a grande referência da equipe, e o armador o fez com competência. Huertas foi o cestinha brasileiro, com 16 pontos. O Brasil melhorou no segundo quarto, chegou até a empatar, mas foi para o intervalo perdendo por dois: 31 a 29.

Na volta dos vestiários, a seleção parecia outra: Huertas teve o apoio de seus companheiros na confecção das jogadas, e Guilherme Giovanonni apareceu, quase fazendo um duplo-duplo - 11 pontos e nove rebotes -, e o Brasil acabou indo para a reta final do jogo vencendo por cinco pontos.

Mas visivelmente acabou faltando um time mais experiente na última parte do jogo. Liderados pelo cestinha Renaldo Balkman, com 24 pontos marcados, Porto Rico aproveitou os vários erros ofensivos do Brasil, virou o jogo e abriu vantagem, fechando a partida em 72 a 65, repetindo a vitória que conseguiu na Copa Tuto Marchand, a poucos dias atrás.

Quem brilhou? Renaldo Balkman, com passagem na NBA, foi o comandante de Porto Rico. Foram 24 pontos, oito rebotes e quatro tocos, muito melhor que sua média de 0,5 na liga americana.

Quem atrapalhou? A falta de cinco jogadores teve problemas de ordem técnica, tática e mental na seleção. Rubén Magnano precisará ajeitar isso rapidamente.

Próximos jogos. Porto Rico volta à quadra neste sábado (31), contra o Canadá. No domingo, o mesmo Canadá pega o Brasil, pelo grupo A.


***

Outros resultados do primeiro dia da Copa América: 
Jamaica 64x85 Canadá (Grupo A)
Argentina 95x60 Paraguai (Grupo B)
Venezuela 56x65 México (Grupo B)

Jogos deste sábado (31): 
Uruguai x Jamaica (Grupo A)
Canadá x Porto Rico (Grupo A)
República Dominicana x Argentina (Grupo B)
Paraguai x Venezuela (Grupo B)

0 comentários :

Postar um comentário