quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Jogo de paciência

Brasil supera força defensiva do Japão, vence por 3 a 0 e mantém liderança na fase final do Grand Prix de vôlei

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

29/08/13 – Pela segunda rodada da fase final do Grand Prix 2013, a seleção brasileira feminina de vôlei encarou o Japão na manhã desta quinta-feira. As japoneses, donas da casa nesta última etapa, disputada na cidade de Sapporo, tinham vencido a Itália na partida de abertura, realizada ontem. Conhecidas pelo forte poder defensivo, as japonesas deram trabalho no inicio dos sets, mas as brasileiras conseguiram aproveitar as oportunidades, mostraram força no ataque e nos bloqueios e venceram por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/22 e 25/17. Foi a segunda vitória das meninas de Zé Roberto Guimarães nesta fase final. Na quarta-feira (28), o Brasil atropelou os Estados Unidos.

Líder da fase final, Brasil é o único com seis pontos em dois jogos.
(Foto: FIVB/ Divulgação)

No inicio dos sets, o Brasil se mostrou desconcentrado, e quando não ficou atrás no placar, teve o Japão colado. Defendendo muito, as japonesas obrigaram as adversárias a manterem um grande nível de paciência, o que acabou induzindo a seleção brasileira ao erro muitas vezes. Apesar das falhas na recepção, Gabi e Fernanda Garay se destacaram, e assim como o bloqueio, foram peça fundamental na vitória por 3 a 0. Com 19 acertos, a ponteira Gabi foi a principal pontuadora do jogo, mas Fernanda Garay, responsável por 15 pontos, foi escolhida a melhor da partida. Com 14, a central Thaísa também foi muito bem.

Também nesta quinta-feira, outros dois jogos: a Sérvia venceu a primeira fazendo 3 a 1 nos Estados Unidos, enquanto a China derrotou a Itália por 3 a 2. Único com seis pontos (duas vitórias por 3 a 0), o Brasil lidera a fase final. Em segundo, também com duas vitórias, mas uma delas por 3 a 2, está a China, com cinco pontos. Japão (3), Sérvia (3), Itália (1) e Estados Unidos (0) completam a classificação. 


Amanhã, o Brasil terá outro grande desafio: encara a Itália, às 3h30 (horário de Brasília). O Japão vai para o tudo ou nada contra a Sérvia, a partir das 7h10. 

O jogo

Com as adversárias muito consistentes na defesa, o Brasil teve dificuldades para colocar a bola no chão no primeiro set. As japonesas, concentradas e aproveitando os contra-ataques, chegaram à frente no segundo tempo técnico com 16 a 13. As brasileiras tiveram que ter paciência para virar o jogo, e com o bloqueio ajudando, fecharam em 25 a 21.

O Brasil começou muito desconcentrado no segundo set. Com muitos erros de passe e de ataque, viu ao Japão abrir uma grande vantagem já no inicio. A seleção brasileira teve mais uma vez que correr atrás do prejuízo, e depois de um apertado final de parcial, conseguiu fechar em 25 a 22.

A equipe brasileira começou muito melhor no terceiro set, mas logo se desconcentrou e voltou a passar apuros diante das defesas japonesas. Aos poucos, o Brasil foi retomando o controle da partida, e fez sua parcial mais tranquila, vencendo por 25 a 17 e fechando em 3 sets a 0.

Ficha do jogo:

Japão 0 x 3 Brasil
21/25, 22/25, 17/25

JAPÃO:
Começaram: Miyashita (7 pontos), Saori (10), Shinnabe (8), Ebata (11), Iwasaka (4) e Otake (4). Líbero: Zayasu.
Entraram: Hashimoto (0) Ishida (0), Nagaoka (5) e Hirai (0)
Técnico: Masayoshi Manabe.

BRASIL:
Começaram: Dani Lins (3), Monique (1), Fernanda Garay (15), Gabi (19), Fabiana (4), Thaisa (14). Líbero: Fabi.
Entraram: Michelle (0), Sheilla (6) e Claudinha (0).
Técnico: José Roberto Guimarães.

Local: Hokkaido Prefectural Sports Center, em Sapporo (JPN)
Público: 5.000

Arbitragem: Joo-Hee Kang (KOR) e Susana Rodriguez (ESP)

0 comentários :

Postar um comentário