domingo, 25 de agosto de 2013

Golaço e respiro

Fabinho marca golaço de bicicleta, Criciúma vence e sai da zona de rebaixamento. Coxa chega a quatro jogos sem vitória na Série A

De Curitiba.
Por Willian Gomes.

25/08/2013 - Em crise, o Criciúma recebeu o Coritiba no Estádio Heriberto Hülse, e deu um importante passou para se distanciar da zona de rebaixamento. Com dois gols no primeiro tempo, marcados em sequência por Sueliton e Fabinho, este último de bicicleta, o Tigre não teve grandes dificuldades para derrotar o Coxa. O gol de honra do time paranaense foi marcado por Júlio César, em uma bela cobrança de falta.

Chegando a 17 pontos, a equipe catarinense deixou o Z-4 e alcançou o 15° lugar. O Coritiba manteve a sexta colocação com 24 pontos, mas pode perder duas posições com o complemento da rodada.

Na próxima rodada, o Criciúma enfrenta o Vitória, no Barradão. Já o Coritiba tentará reencontrar o caminho das vitórias contra o Internacional, no Couto Pereira. Jogos no domingo (1), às 16h.

Na fria noite catarinense, Criciúma e Coritiba fizeram um jogo quente.
(Foto: Divulgação/Site Oficial do Coritiba)

O jogo

A partida começou muito equilibrada, e com poucas oportunidades claras de gol. A primeira foi aos 20 minutos. Sueliton chutou de fora da área, Vanderlei soltou nos pés de Marcel, mas o atacante finalizou para fora. Aos poucos, o time da casa foi melhorando no jogo, e as redes balançaram duas vezes em pouco mais de um minuto.

Aos 34, Sueliton fez boa jogada individual, passou por três marcadores e chutou cruzado para abrir o placar. No minuto seguinte, João Vitor fez excelente lançamento para Fabinho, que dominou de costas para o gol e emendou uma bicicleta, encobrindo o goleiro. O atacante estava em posição irregular, mas o assistente nada marcou.

Na segunda etapa, o Coritiba partiu para o ataque, enquanto os mandantes apostavam nos rápidos contra-ataques. Aos 15 minutos, Júlio César cobrou uma falta com categoria, e diminuiu o placar para o Coxa. Após o gol, o Coritiba não conseguiu manter o bom ritmo imposto na etapa final, e foi o Criciúma que passou a ter as melhores chances.

O goleiro Vanderlei fez uma boa defesa aos 23 minutos. Lins fez jogada individual e chutou colocado, mas o arqueiro espalmou para escanteio. Aos 32, Leonardo quase ampliou para o Tigre. Depois do cruzamento na área, o zagueiro subiu sozinho, mas cabeceou para fora.

O Coritiba ainda ameaçou com Julio César. Aos 34 minutos, em mais uma cobrança de falta, o atacante chutou bem forte para o gol; a bola passou muito perto da meta de Galatto. Equilibrado em campo, o Criciúma conseguiu manter o resultado, e amenizou a crise no Heriberto Hülse.

Ficha do jogo:

Criciúma 2x1 Coritiba

CRICIÚMA:
Galatto; Sueliton, Matheus Ferraz, Leonardo, Marlon; Serginho, Elton, João Vitor (Morais); Lins, Marcel (Douglas) e Fabinho (Bruno Renan).
Técnico: Silvio Criciúma

CORITIBA:
Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Escudero, Diogo; Júnior Urso, Gil (Keirrison), Vinicius (Zé Rafael), Bottinelli (Julio Cesar); Vitor Júnior e Arthur.
Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Criciúma: Sueliton, aos 34, e Fabinho, aos 35 minutos do primeiro tempo. Coritiba: Júlio César, aos 15 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Sueliton e Douglas (Criciúma); Bottinelli e Diogo (Coritiba)

Árbitro: Rodrigo Guarizo F. do Amaral (SP)
Assistentes: Marcio Eustaquio Santiago (MG) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 24/08/2013
Horário: 21h

***

16ª rodada: 
Sábado (24), às 18h30: 
Flamengo 0x1 Grêmio
Ponte Preta 0x2 Cruzeiro
Santos 2x0 Vitória
21h: 
Criciúma 2x1 Coritiba
Domingo (25), às 16h: 
Vasco x Corinthians
São Paulo x Fluminense
Atlético-MG x Portuguesa
Bahia x Náutico
18h30: 
Atlético-PR x Botafogo
Internacional x Goiás

Classificação:
1º - Cruzeiro - 31 pontos (16 jogos) 
2º - Botafogo - 29 pontos (15 jogos)
3º - Grêmio - 28 pontos (16 jogos) 
4º - Corinthians - 25 pontos (15 jogos)
5º - Atlético-PR - 24 pontos e 4 gols de saldo (15 jogos)
6º - Coritiba - 24 pontos e 3 gols de saldo (16 jogos)
7º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (16 jogos)
8º - Internacional - 22 pontos e 5 vitórias (14 jogos)
9º - Goiás - 21 pontos (15 jogos)
10º - Bahia - 20 pontos (15 jogos)
11º - Vasco - 19 pontos e 5 vitórias (15 jogos)
12º - Santos - 19 pontos, 4 vitórias e 4 gols de saldo (14 jogos)
13º - Flamengo - 19 pontos, 4 vitórias e 0 gol de saldo (16 jogos)
14º - Fluminense - 18 pontos (15 jogos)
15º - Criciúma - 17 pontos (16 jogos)
16º - Atlético-MG - 16 pontos (14 jogos)
17º - Ponte Preta - 15 pontos (15 jogos)
18º - Portuguesa - 13 pontos (15 jogos)
19º - São Paulo - 11 pontos (14 jogos) 
20º - Náutico - 8 pontos (13 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário