quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Primeiro passo

Com golaço de Everton Ribeiro, Cruzeiro vence Flamengo no Mineirão e jogará pelo empate para avançar às quartas da Copa do Brasil

De Belo Horizonte.
Por Vinícius Silveira.

22/08/2013 - O Cruzeiro começou bem sua participação nas oitavas de final da Copa do Brasil. Encarando o Flamengo, o time celeste venceu por 2 a 1, com direito a um golaço de Everton Ribeiro, o segundo, que valeu o ingresso dos mais de 35 mil torcedores que foram ao Mineirão, numa quarta-feira fria em Belo Horizonte. O jogo também marcou a estreia de Julio Baptista, ainda que apagada devido à condição física do atleta, mas foi uma atração a mais para os cruzeirenses. O resultado desta noite poderia ter sido melhor para o time mineiro, que dominava a partida até Dedé falhar e "entregar" o gol ao Fla.


Everton Ribeiro foi o melhor jogador em campo e ainda marcou um golaço.
(Foto: Washington Alves/VIPCOMM)

O Cruzeiro jogará pelo empate contra o Flamengo, na próxima quarta-feira (28), no Maracanã, ou por qualquer placar negativo com diferença de um gol, desde que o marcador esteja acima de 3 a 2. Quem passar deste confronto pegará Botafogo ou Atlético-MG, que começam sua série de embates nesta quinta-feira, também no maior estádio carioca, às 21h50.

Antes do reencontro pela Copa do Brasil, Cruzeiro e Flamengo voltam a se preocupar com o Campeonato Brasileiro. O time celeste viaja até Campinas para encarar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, no sábado (24), às 18h30. No mesmo dia e horário, o Flamengo joga contra o Grêmio, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, com mando de campo do clube carioca.

Pressão celeste e o primeiro gol de Willian

Diferente do que foi antecipado pela imprensa - a escalação de João Paulo na lateral esquerda -, o técnico Mano Menezes armou um esquema com três zagueiros e posicionando André Santos como ala pela canhota. A escolha do técnico do Flamengo foi tão ruim que o time carioca pagou caro por isso. Com investidas a todo instante pelas laterais, o Cruzeiro incomodou o rubro-negro desde o primeiro minuto.

O Flamengo tinha apenas a chegada de Marcelo Moreno no ataque. Faltava um jogador para criar as jogadas, municiar os ala cariocas. Gabriel, o camisa 10, não foi bem. O Cruzeiro se aproveitava, criando diversas oportunidades, sempre com o comando do habilidoso Everton Ribeiro, que logo marcaria sua bela atuação no segundo tempo. Depois de tanta pressão, veio o gol tão buscado. Aos 27 minutos, Felipe fez excelente intervenção no chute de Ricardo Goulart. Na sobra, o atacante Willian chutou e o goleiro flamenguista quase pegou, mas a bola morreu nas redes. Primeiro dele com a camisa celeste. As únicas oportunidades do Urubu foram com Marcelo Moreno, aos 24 e 44. Uma delas pegou na trave.


Willian comemorou o primeiro gol dele com a camisa do Cruzeiro.
(Foto: Washington Alves/VIPCOMM)

Gol de placa de Everton Ribeiro

No segundo tempo, não houve nenhuma mexida nas duas equipes. E o futebol também não mudou. O Cruzeiro continuava dominando seu adversário, sempre em uma velocidade. Borges perdeu uma oportunidade incrível aos oito minutos, mas aos 12, veio a consagração de um jogador. O meia Everton Ribeiro tem jogado muita bola pelo Cruzeiro, comandando as ações ofensivas do time celeste. Em uma jogada que começou com o próprio, ele lançou Ricardo Goulart, que acreditou no lance, e antes da bola sair pela lateral, devolveu em elevação para o camisa 17, que entrou na área, esperou a definição de Luiz Antônio, aplicou um lençol sensacional no volante do Flamengo, e bateu forte, no ângulo superior direito de Felipe. Um golaço que valerá placa no Mineirão. Clique aqui para ver o lance.

Se com 1 a 0 estava difícil, outro gol complicaria a situação do Flamengo. Por isso, o técnico Mano Menezes colocou Carlos Eduardo em lugar de Gabriel e tirou Fernando, substituído por João Paulo. O time carioca melhorou muito, principalmente porque tinha mais jogadores no campo de ataque, o que prendia os defensores celestes que tinham muito espaço para subir ao ataque. Marcelo Oliveira promoveu a estreia tão esperada: tirou Willian e colocou Julio Baptista. Mesmo sem condições físicas ideais, o meia-atacante buscou jogo e tentou se movimentar.

O Flamengo tinha melhorado, e como recompensa, fez um gol muito importante. Aos 23 minutos, Dedé cometeu um erro infantil, tirando a bola de Fábio, e a mesma tocou na trave. Na sobra, Carlos Eduardo empurrou para as redes. O rubro-negro passou a administrar o jogo e se valeu da posse de bola. Mano Menezes ainda colocou Paulinho em lugar de Samir, e Marcelo Oliveira alterou o time entrando com Vinícius Araújo na vaga de Borges. O panorama do jogo não foi alterado, e o Cruzeiro deu um passo importante buscando a classificação na Copa do Brasil.   

Ficha do jogo:

Cruzeiro 2 x 1 Flamengo

CRUZEIRO:
Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton, Souza, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart (Luan); Willian (Júlio Baptista) e Borges (Vinicius Araújo).
Técnico: Marcelo Oliveira 

FLAMENGO:
Felipe; Luiz Antônio, Chicão, Marcos González e Samir (Paulinho); Cáceres; Fernando (João Paulo), Elias, Gabriel (Carlos Eduardo) e André Santos; Marcelo Moreno.
Técnico: Mano Menezes

Motivo: Primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil
Data: 21/08/2013
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, Minas Gerais
 Público: 33.645 pagantes
Renda: R$ 1.660.580

Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP) 
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)  

Cartões amarelos: Cáceres e Elias (Flamengo) 

Gols: Willian, ao 27 minutos do primeiro tempo; Everton Ribeiro, aos 12, e Carlos Eduardo, aos 23 minutos do segundo tempo.

***


Copa do Brasil - Oitavas de final (jogos de ida):
Terça (20), às 21h50:
Nacional 0x2 Vasco
Quarta (21):
19h30:
21h50:
Fluminense 1x0 Goiás
Quinta (22):
19h30:
Internacional x Salgueiro
21h50:
Botafogo x Atlético-MG

0 comentários :

Postar um comentário