sábado, 31 de agosto de 2013

Filme repetido

Após a Supercopa, Juventus goleia a Lazio novamente, com show de Arturo Vidal

De Salvador.
Por Henrique Ferrera.


31/08/2013 - A Juventus atropelou de forma impressionante mais um adversário. Bateu a Lazio por 4 a 1, neste sábado (31), pela segunda rodada da Serie A italiana, depois de ter feito 4 a 0 na Supercopa, e venceu a terceira de provavelmente muitas partidas na temporada.

Arturo Vidal comemora um de seus gols. 
(Foto: EFE)
Desta vez no Juventus Stadium, Vidal marcou duas vezes e Vucinic e Tevez completaram o escore. O gol de honra laziali, marcado quando perdia por dois, foi de Klose, mas foi apenas um pequeno deslize juventino na partida, que nem de longe desestabilizou os donos da casa. Llorente, o substituto natural de Matri - vendido ao Milan -, ficou no banco, mas sua presença não foi necessária: a Juve mostrou muita vontade, como no auge da era Conte, provando que será difícil tirar seu scudetto.

Primeiro tempo

Conte escalou Vucinic ao lado de Tevez, deixando Llorente no banco. Petkovic veio com Candreva jogando atrás de Klose. A primeira jogada de perigo da partida foi de Hernanes, que Buffon defendeu. Aos 14, a Juve marcou, após belíssimo passe de Pogba, que encontrou Vidal às costas de Radu, e o chileno apenas deslocou Marchetti. Primeiro gol dele na temporada, 23º pela Juve. Pogba deu sua segunda assistência em dois jogos. A Lazio reagiu de longe com Candreva, Buffon defendeu, e Cana desperdiçou o rebote.

Aos 26, a Juve dobrou a vantagem: um lançamento muito longo do zagueiro Bonucci, mas com precisão cirúrgica. Vidal, bem posicionado para evitar o impedimento, teve a calma necessária para fazer o 2 a 0. A torcida juventina entoava bem alto pelo Juventus Stadium que ''os campeões da Itália somos nós''.

Mas Klose não quis nem saber. Nem deu tempo da torcida terminar de comemorar, e o atacante alemão correu para pegar rebote de Buffon em chute de Hernanes, diminuindo para 2 a 1 aos 28 e deixando o jogo aberto novamente. A Juve dominava o campo, enquanto a Lazio só assustava de longe. Hernanes, Candreva e Lulic arriscaram tentativas: Buffon defendeu todas, nem sempre com facilidade.

Segundo tempo

Aos 4 minutos, novo banho de água fria. Bonucci fez outro lançamento longo, e Vucinic bateu cruzado para ampliar. Um gol que entrou para a história de Mirko, pois foi o centésimo gol na carreira do montenegrino. Hernanes tentou completar cruzamento com a mão, e acabou expulso aos 18. A partir daí a Juventus sobrou. Primeiro, Tevez acertou o travessão usando a perna esquerda. Depois, o argentino conseguiu seu gol, fechando a goleada. Desta vez vai ser difícil o perfeccionista Conte achar alguma coisa para reclamar.

Quem brilhou? Poderia ser Vidal, Pogba ou Bonucci. Mas o nome da vitória da Vecchia Signora é o do técnico Antonio Conte. Conte deu uma aula tática sobre a Lazio, com um 3-5-2 perfeito na defesa, no ataque e na interação ofensiva-defensiva.

Quem atrapalhou? Hernanes foi o principal nome da Lazio na partida, mas sua tola expulsão sepultou a pouca chance dos laziali de reagir na partida.

Próximos jogos. Os dois voltam a campo no próximo domingo: a Juventus vai a Milão enfrentar uma remontada Inter; e a Lazio recebe o Chievo em Roma.

Ficha do jogo:

Juventus 4x1 Lazio

JUVENTUS:
Buffon, Barzagli (Ogbonna), Bonucci e Chiellini; Lichtsteiner (Isla), Vidal, Pirlo, Pogba e Asamoah; Vucinic (Quagliarella) e Tevez.
Técnico: Antonio Conte

LAZIO:
Marchetti, Cavanda (Floccari), Novaretti, Cana e Radu; Álvaro González, Biglia (Ledesma), Hernanes e Lulic; Candreva; Klose (Éderson).
Técnico: Vladimir Petkovic

Data: 31/08/2013
Local: Juventus Stadium, em Turim (ITA)

Árbitro: Paolo Tagliavento (ITA)
Auxiliares: Mauro Tonolini (ITA) e Andrea Padovan (ITA)

Gols: Vidal, aos 14'/1ºT e aos 27'/1ºT; Vucinic, aos 4'/2ºT e Tevez, aos 33'/2ºT (Juventus).

Cartões amarelos: Bonucci (Juventus); Hernanes 2x (Lazio)

***

Confira a classificação do Calcio.

0 comentários :

Postar um comentário