sábado, 31 de agosto de 2013

Faltou futebol

Em jogo pouco empolgante, assim como as campanhas, Goiás e Atlético-MG empatam sem gols no Serra Dourada

De Belo Horizonte.
Por Frederico Vieira.

31/08/2013 - Goiás e Atlético Mineiro entraram em campo na noite deste sábado com promessa de bom jogo no Serra Dourada. O time goiano vinha de uma recente classificação para as quartas de final da Copa do Brasil, enquanto o Galo, atual campeão da Libertadores, vinha de uma virada sobre a Portuguesa pelo Brasileiro, e parecia dar pinta que iria engrenar na competição, apesar da eliminação para o Botafogo na Copa do Brasil no meio da semana. Porém, o que se viu dentro de campo foi um jogo muito fraco tecnicamente, com muitos erros dos dois lados e nada de gols.

Com o 0 a 0 o Goiás manteve a invencibilidade dentro de casa e subiu momentaneamente uma posição no Brasileirão. O Esmeraldino é o nono colocado, com 23 pontos, enquanto o Galo é o 13º, com 20. Às 19h30 da terça-feira (3), o Goiás recebe o Grêmio no Serra Dourada. Na quarta, às 21h50, o Atlético encara o Flu no Independência.

Walter não teve moleza contra o Galo de Josué.
(Foto: Divulgação/Site oficial do Goiás Esporte Clube)

Guilherme, que substituía Ronaldinho no meio de campo atleticano, era o mais lúcido. Criava boas oportunidades para o alvinegro. Foi dele a grande chance do primeiro tempo. Arrancou bem pelo meio, passou por dois adversários e chutou bem; a bola passou com perigo perto do canto esquerdo do goleiro Renan. Emerson (ex-Coritiba) fazia sua estreia na zaga atleticana no lugar de Leonardo Silva. Mostrou segurança e velocidade na recomposição na defesa do Galo.

O Goiás chegava pouco. Usava bastante seus laterais, insistindo na bola alçada para Walter, mas parecia sentir a falta de Renan Oliveira, que por questões contratuais com o Atlético, não pôde entrar em campo. O Galo seguia assustando. Fernandinho fez boa jogada pela esquerda, e bateu forte no canto, quase inaugurando o placar no Serra Dourada. Mais tarde, Guilherme assustaria de novo o time goiano com uma boa cobrança de falta, defendida pelo goleiro esmeraldino.

O jogo era fraco. No segundo tempo, Cuca promoveu três mudanças no time atleticano. Primeiro, Guilherme deu lugar a Jô. Depois, foi a vez de tentar Neto Berola e Rosinei no time. Enderson Moreira também mexeu no Goiás. Tartá, que substituía Renan Oliveira no time titular, foi substituído por Welinton Junior. Ramon estava muito mal no jogo e deu lugar a Junior Viçosa. Já o volante Yuri entrou improvisado na direita após expulsão infantil de Vitor, que sofreu falta de Pierre, porém, revidou com um chute na cabeça do jogador atleticano.

Mesmo com as alterações e com a expulsão, o jogo foi o mesmo do primeiro tempo: o Atlético trocando bola no meio de campo, enquanto o Goiás se defendia. O lance mais lindo da partida ficou por conta do “gordinho” Walter, que aplicou uma linda caneta em Luan, que, por sinal, foi bem na partida.

Ficha do jogo:

Goiás 0 x 0 Atlético-MG

GOIÁS:
Renan; Vítor, Ernando, Rodrigo e William Matheus; David, Dudu Cearense, Hugo, Ramon (Junior Viçosa) e Tartá (Welinton Junior); Walter (Yuri).   
Técnico: Enderson Moreira

ATLÉTICO-MG:
Victor; Marcos Rocha, Revér, Emerson e Richarlyson; Pierre (Rosinei), Josué, Luan (Neto Berola); Fernandinho, Guilherme (Jô) e Diego Tardelli.
Técnico: Cuca

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiás (GO)
Data: 31/08/2013
Horário: 18h30

Cartões amarelos: Emerson e Josué (Atlético); David (Goiás)
Cartões vermelhos: Vítor (Goiás)

Arbitragem: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Emerson Augusto de Carvalho


***




Brasileirão - 17ª rodada:
Sábado (31), às 18h30: 
Grêmio 1x0 Ponte Preta 
21h: 
Domingo (1), às 16h: 
Botafogo x São Paulo 
Corinthians x Flamengo 
Coritiba x Internacional 
Vitória x Criciúma 
18h30: 
Cruzeiro x Vasco

Classificação:
1º - Cruzeiro - 31 pontos e 19 gols de saldo (16 jogos)
2º - Grêmio - 31 pontos e 8 gols de saldo (17 jogos)
3º - Atlético-PR - 30 pontos (17 jogos)
4º - Botafogo - 29 pontos (16 jogos)
5º - Corinthians - 26 pontos (16 jogos)
6º - Coritiba - 24 pontos (16 jogos)
7º - Bahia - 23 pontos e 6 vitórias (17 jogos)
8º - Internacional - 23 pontos, 5 vitórias e 3 gols de saldo (15 jogos)
9º - Goiás - 23 pontos, 5 vitórias e -4 gols de saldo (17 jogos)
10º - Vitória - 22 pontos e 6 vitórias (16 jogos)
11º - Santos - 22 pontos e 5 vitórias (15 jogos)
12º - Vasco - 20 pontos, -4 gols de saldo e 23 gols pró (16 jogos)
13º - Atlético-MG - 20 pontos, -4 gols de saldo e 15 gols pró (16 jogos)
14º - Flamengo - 19 pontos (16 jogos)
15º - Fluminense - 18 pontos (17 jogos)
16º - Criciúma - 17 pontos (16 jogos)
17º - Portuguesa - 16 pontos (17 jogos)
18º - Ponte Preta - 15 pontos (16 jogos)
19º - São Paulo - 14 pontos (15 jogos)
20º - Náutico - 8 pontos (15 jogos)

0 comentários :

Postar um comentário