quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Belo início

Brasil passeia, vence EUA por 3 a 0 e começa em grande estilo a fase final do Grand Prix de vôlei

De Uberlândia.
Por Aline Guerra.

28/08/13 – Estreando pela fase final do Grand Prix 2013, a seleção brasileira feminina de vôlei encarou nesta madrugada os Estados Unidos em Sapporo, cidade japonesa que sedia a etapa decisiva. O que prometia ser uma partida equilibrada e extremamente difícil se tornou um grande treino para as brasileiras. Com parciais de 25/19, 25/12 e 25/10, as meninas comandadas por Zé Roberto Guimarães deram um show de bloqueio e, diante dos inúmeros erros americanos, somou de forma tranquila os três primeiros pontos em busca do nono título da competição.


Com direito a larga vantagem nos dois últimos sets, Brasil vence EUA e larga bem na fase final. 
(Foto: FIVB/Divulgação)

Desde o inicio do jogo, parecia que as americanas não estavam tão concentradas assim. Depois de um inicio de primeiro set equilibrado, os EUA passaram a errar demasiadamente e não conseguiram assustar em nenhum momento. O Brasil aproveitou as oportunidades, teve muito sucesso no bloqueio e, mesmo com algumas deficiências no passe, conseguiu uma vitória tranquila. Com 13 pontos, a central Thaísa e a ponteira Fernanda Garay foram as maiores pontuadoras do Brasil. Com 10, Nicole Fawcett foi a principal marcadora americana.

Nos outros jogos do dia, a China fez 3 a 1 na Sérvia e o Japão venceu a Itália por 3 a 0. Pela média de pontos vencidos e perdidos, o Brasil lidera e o Japão vem em segundo. Por ter perdido um set, a China é a terceira colocada. Lembrando que na fase final todas as equipes se enfrentam, e ganha quem tiver mais pontos ao fim dos cinco jogos. Com a vitória de hoje, o Brasil já soma três pontos, e terá como próximo desafio o Japão, amanhã (quinta, 29), às 7h10. As americanas buscam a reabilitação diante da Sérvia, duelo realizado à 1h30 desta quinta-feira.

O jogo

As duas equipes começaram bem concentradas. O Brasil teve dificuldades para conseguir vantagem no placar, mas logo encaixou seu ritmo de jogo e chegou à frente na primeira parada técnica com 16 a 10. Os Estados Unidos cometeram muitos erros, e mesmo demostrando uma reação no final da parcial, as brasileiras conseguiram fechar em 25 a 19.

Os EUA começaram melhor o segundo set, mas logo o Brasil minimizou seus erros e foi dominando a partida novamente. As brasileiras aproveitaram as oportunidades, e jogando em cima das falhas americanas, com o bloqueio funcionando muito bem, ficou fácil fechar a segunda parcial: 25 a 12.

A seleção brasileira começou com tudo a terceira parcial. As americanas não esboçavam confiança e continuaram errando muito. O Brasil soube equilibrar e administrar a vantagem que teve desde o inicio do set. Diante dos EUA totalmente perdido em quadra, conseguiu um placar histórico: 25 a 10 e 3 sets a 0.

Ficha do jogo:

Brasil 3 x 0 EUA
25/19, 25/12 e 25/10

BRASIL:
Começaram: Dani Lins (4 pontos), Monique (8), Fernanda Garay (13), Gabi (11), Fabiana (9) e Thaisa (13). Líbero: Fabi.
Entraram: Michelle (0) e Sheilla (1).
Técnico: José Roberto Guimarães

EUA:
Começaram: Glass (3), Murphy (3), Hildebrand (5), Hill (4), Gibbemeyer (3) e Harmotto (4). Líbero: Miyashiro.
Entraram: Lichtman (0), Fawcett (10), Paolini (0), Hood (0) e Hagglund (0).
Técnico: Karch Kiraly

Local: Hokkaido Prefectural Sports Center, em Sapporo (JPN)
Público: 1.900

Arbitragem: Susana Rodriguez (ESP) e Joo-Hee Kang (KOR)

0 comentários :

Postar um comentário