sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Bastou um

Borussia Dortmund massacra, mas fica apenas no 1 a 0 sobre o Werder Bremen, mantendo o 100% na Bundesliga

De Aracaju.

Por Henrique Ferrera.

23/08/2013 - O Werder Bremen se manteve imaculado em seus dois primeiros jogos na Bundesliga, e parecia que não iria sofrer gol mais uma vez, até que Lewandowski abriu o placar no segundo tempo, nesta sexta (23), no Signal Iduna Park.


Lewandowski comemora o gol da vitória. 
(Foto: FourFourTwo)
Jürgen Klopp preferiu deixar Aubameyang e Bender descansando, com Reus e Kehl tomando seus lugares na escalação titular. Caldirola passou no teste físico feito no vestiário e foi para o jogo no Werder, enquanto Arnautovic foi escolhido para ser o centroavante no lugar de Pedersen.

Primeiro tempo

Em um começo sem brilho, foi o Dortmund que criou as melhores oportunidades. Sahin bateu de primeira para fora após cruzamento de Schmelzer, e Mkhitaryan se viu de frente para o gol após tabela com Lewandowski, mas bateu por cima.

Reus era frequentemente acionado pelo Dortmund, e chegou perto após receber bola de Kehl, mas bateu para fora do gol de Mielitz, quando procurava bater na segunda trave. A equipe da casa acordou para o jogo no final da primeira etapa, quando Blaszczykowski lamentou seu azar ao acertar um chutaço que o goleiro só torceu e viu ela acertar seu travessão, a dez minutos do intervalo.

Aos 42, Reus teve um chute desviado que quase encontrou os pés de Lewandowski, mas a bola escapou por pouco do atacante polonês que chegava na segunda trave. Subotic teve uma cabeçada salva por Hunt em cima da linha, e Sahin jogou longe o rebote. E o Dortmund quase foi punido por sua ineficiência já no último lance do primeiro tempo, em chute de Arnautovic que passou cruzado por Weidenfeller e saiu.

Segundo tempo

Após uma primeira etapa dominante, o Dortmund finalmente violou a defesa do Bremen aos dez minutos. Grosskreutz encontrou Reus dentro da área, que disparou e Lewandowski mostrou oportunismo para fazer o gol.

O gol pareceu desnortear o time do Werder, que quase levou outro em seguida, quando Mielitz saiu para espalmar cruzamento de Schmelzer e Sahin fez uma acrobacia, mas jogou o rebote para fora. Aubameyang entrou no lugar de Blaszczykowski, e quase dobrou a vantagem aos 30, quando apareceu só pela direita e bateu rasteiro, mas Mielitz defendeu com o pé.

O Dortmund continuou a pressionar, e com sete minutos para o fim Hummels desviou escanteio de Reus para Lewandowski, mas Hunt novamente salvou em cima da linha. Weidenfeller mostrou que estava alerta, ao fazer boa defesa em chute cruzado do substituto Di Santo para assegurar a vitória ao Borussia e mandá-los ao topo, pelo menos até o sábado.

Quem brilhou? A ofensiva do Dortmund criou inúmeras jogadas, pressionou o tempo todo, e fez a defesa e o goleiro Mielitz trabalhar bastante.

Quem atrapalhou? A ofensiva do Dortmund perdeu inúmeras jogadas, desperdiçou muitas chances e poderia ter se dado mal por isso.

Próximos jogos. No próximo sábado, o Werder Bremen visita o Borussia Monchengladbach; no domingo, o Borussia Dortmund vai até Frankfurt enfrentar o Eintracht.


Ficha do jogo:

Borussia Dortmund 1x0 Werder Bremen

BORUSSIA DORTMUND:
Weidenfeller, Grosskreutz, Subotic, Hummels (Bender) e Schmelzer; Sahin e Kehl; Blaszczykowski (Aubameyang), Mkhitaryan (Hofmann) e Reus; Lewandowski.
Técnico: Jürgen Klopp

WERDER BREMEN:
Mielitz, Gebre Selassie, Prödl, Lukimya e Caldirola; Junuzovic, Makiadi e Hunt; Ekici (Kroos), Arnautovic (di Santo) e Yildirim (Elia).
Técnico: Robin Dutt

Árbitro: Felix Zwayer (ALE)
Assistentes: Mark Borsch (ALE) e Marcel Pelgrim (ALE)

Data: 23/08/2013
Horário: 15h30 (de Brasília)
Local: Signal Iduna Park, em Dortmund (ALE)
Público: 80.645 pessoas

Gols: Lewandowski, aos 10'/2ºT (Borussia Dortmund)

Cartões Amarelos: nenhum

***

Confira a classificação do Alemão.

0 comentários :

Postar um comentário